Polónia 0-0 Portugal: faltou o golo numa boa exibição da Selecção

A Selecção Portuguesa jogou hoje na Polónia o último jogo de preparação antes do estágio de preparação para o Euro 2012, que se realiza no próximo mês de Junho.
Gostei da exibição da equipa das quinas, principalmente na 1ª parte com concentração, empenho, velocidade e algumas jogadas de bom entendimento entre os nossos jogadores. O empate a 0 e uma 2ª parte de gestão física dos nossos jogadores são dados, neste momento, não muito importantes, interessando sim o jogo que fomos capazes de construir no primeiro tempo.

Entrou bem a Selecção, no jogo de inauguração do Estádio Nacional da Varsóvia, com o esquema habitual de 4-3-3: Miguel Veloso no lugar do esperado Manuel Fernandes e Hugo Almeida na frente de ataque em vez de Hélder Postiga.
Na 1ª parte a nossa equipa dispôs de algumas oportunidades de golo, quase sempre fruto da velocidade de Ronaldo e Nani mas no momento de decisão os nossos atacantes optaram sempre pelo remate em vez de um passe mortal para um colega em melhor posição. A lesão de Fábio Coentrão a meio dos primeiros 45 minutos, a pior notícia de jogo, acabou por tirar algum ritmo nos minutos seguintes e a equipa polaca tomou, durante 10 minutos, conta do jogo mas só teve uma oportunidade de golo fruto de um erro de entendimento entre Bruno Alves e Nélson.
Resultado injusto ao intervalo pois Portugal tinha feito mais que suficiente para ir para o descanso na frente do marcador.

 EPA/Bartlomiej Zborowski

A 2ª parte foi de um desinteresse total, com substituições, paragens e falta de ritmo. Destaco só a estreia na selecção de Nélson Oliveira, o jogador que nos próximos anos deverá ser o dono do lugar de avançado centro de Portugal. 

Individualmente gostei de Cristiano Ronaldo pois jogou sempre com muita fome de golo, tal e qual como joga no Real Madrid e de Rui Patrício que salvou, com um punhado de boas defesas, o assédio final, à sua baliza, da equipa nacional da Polónia.

Neste momento, penso que Paulo Bento tem 9 posições definidas e salvo lesões graves no jogo inaugural contra a Alemanha deverão alinhar Rui Patrício, João Pereira, Pepe, Bruno Alves, Fábio Coentrão, Raul Meireles, João Moutinho, Nani e Cristiano Ronaldo. Assim, fica o lugar de médio defensivo e de ponta de lança: Miguel Veloso, Manuel Fernandes ou Hugo Viana - Hugo Almeida, Hélder Postiga ou Nélson Oliveira serão os nomes na cabeça do seleccionador. Destes jogadores só João Pereira não me dá totais garantias mas não existem alternativas, visto que Bosingwa não vai contar para Paulo Bento.
Será também importante perceber quem serão as alternativas a Nani e ao lugar de defesa central pois Quaresma e Rolando estão muito abaixo dos habituais titulares. Para a baliza Eduardo e Beto deverão ser as opções que Paulo Bento leva à Ucrânia.


Por fim, lançando um pouco o que vai ser o Euro 2012, digo que Portugal teve o azar de calhar no grupo da morte deste ano. Mais ainda com o defrontar no primeiro jogo da equipa da Alemanha que é uma das 4 melhores selecções do mundo, será muito difícil arrancar um ponto à Mannschaft.
De seguida, temos hipótese de nos vingar de uma Dinamarca que tem feito a nossa vida negra nas últimas classificações. Temos mais que equipa para somar os 3 pontos nesta partida.
Se tudo correr assim o último jogo com a Holanda será já de mata-mata e ai tudo pode acontecer; das últimas duas vezes que enfrentamos a Laranja Mecânica neste enquadramento foram eles que foram para casa mais cedo. Relembro que Portugal nunca foi eliminado numa fase de grupos de um Europeu de futebol.
Este sorteio só teve de positivo o grupo com quem nos cruzamos se passarmos a fase de grupo. Assim, nos quartos de final: Polónia, Rep. Checa, Grécia ou Rússia serão os adversários possíveis.

Confiança alta nesta geração comandada pela super estrela CR7! Já tenho bilhetes para os dois primeiros jogos e Força Portugal!
Read More

Mapou Yanga-Mbiwa: conheça o jovem capitão do líder Montpellier

Esta semana O Fura-Redes faz uma viagem até França para dar a conhecer um pouco melhor o surpreendente líder da Ligue 1 - o Montpellier. E que melhor jogador representa este clube que o seu capitão, jogador que com 22 anos fez toda a carreira no clube e é o patrão da defesa de uma das equipas menos batidas desta Liga - falamos de Mapou Yanga-Mbiwa.

Yanga-Mbiwa nasceu em 1989 na República Centro Africana mas cedo se mudou para França onde em 2005 começou a jogar pelas camadas jovens do Montpellier. Logo em 2007 fez a sua estreia pela equipa principal desta formação e na época seguinte já era titular do clube, na altura na Ligue 2 francesa. Não mais largou a titularidade da equipa e este ano é ele que capitaneia o líder surpresa da principal prova gaulesa.
Já fez alguns jogos pela selecção sub-21da França mas ainda não ganhou espaço nas equipas bleus estando ainda livre para representar o país africano onde nasceu.

Este defesa central mostra bons atributos de velocidade, antecipação e posicionamento; com o seu metro e 83 é forte no jogo aéreo e mostra uma energia típica dos jogadores nascidos em África. Mas a sua característica que salta mais à vista é a confiança com que sai com a bola nos pés da sua defesa, conseguindo passar por adversários e passar a bola com bastante precisão. Precisa ainda de melhorar o físico pois não aparenta ser um jogador forte e rijo; necessita também de começar a apontar mais golos nos lances de bolas paradas pois são muito raros.

Fica o vídeo do craque francês que já foi falado para clubes como o Bayern Munique ou Newcastle:


Read More

Árbitro celebra golo do Tottenham enquanto apita o derby com o Arsenal

Chegaram imagens nunca vistas num campo da Premier League do derby entre Arsenal e Tottenham deste fim de semana. O árbitro Mike Dean aparenta celebrar o primeiro golo de Louis Saha para o Tottenham de forma descarada! Estaria a ver se a bola passava a linha de golo? Ou será apenas uma pedra no sapato?
O jogo acabou 5-2 para o Arsenal e, apesar disto, ninguém se pode queixar da arbitragem. Não deixam, no entanto, de serem imagens caricatas. Veja o vídeo, atenção ao lado direito, e decida você:




Read More

Selecções tiram jogadores a SLB e FCP em semana de clássico - saiba quais

Sexta-feira realiza-se o jogo do título no Estádio da Luz e claro aqui no Fura-Redes vamos dar máxima atenção ao jogo que promete marcar esta época 2011/12.


Facto importante desta semana de preparação são os jogos amigáveis das selecções da FIFA que se vão realizar 3ª, 4ª e 5ª feira. Para além do desgaste físico dos jogos em si e das viagens este capricho do calendário internacional vai tirar muitos jogadores ao grupo de trabalho de Jorge Jesus e Vítor Pereira que fará a preparação e os treinos para o grande jogo.
Uma situação a rever pela FPF e pela Liga uma vez que já se sabia no princípio da época que estes jogos iam acontecer e que muito provavelmente na semana a seguir a esta haveria uma equipa a jogar a Champions League o que faria que um grande teria de jogar à 6ª feira.

No entanto, a situação não é tão grave como em outras convocatórias anteriores e existem alguns jogadores poupados pelos seus seleccionadores e alguns dos convocados nem são escolhas habituais dos treinadores de Benfica e Porto. Acho, sinceramente, que o maior problema é não haver um conjunto de treinos com o grupo todo para um jogo tão importante.

Dos habituais titulares do Benfica penso que só Maxi Pereira e Witsel farão o jogo todo das suas selecções; Garay e Luisão (o jogo do capitão benfiquista até é logo na 3ª feira) também estão convocados mas não são habituais escolhas para o 11 dos respectivos seleccionadores; Rodrigo, a contas com uma lesão, terá que se apresentar e fazer o estágio da selecção olímpica de Espanha mas não deverá jogar. Os outros convocados, que poderá ver em baixo, não são escolhas habituais para Jorge Jesus.

Do lado do FC Porto a situação é mais complicada pois estes jogos deverão tirar James Rodríguez do clássico, visto que o seu jogo de selecção é 5ª Feira de madrugada em Miami - será muito díficil que se apresente em condições de jogar 24 horas depois no Estádio da Luz. Rolando, Moutinho, Janko e Hulk também deverão ter muitos minutos nos jogos das suas equipas nacionais.

Jogadores convocados para as seleções antes do clássico:BENFICA:
Mika, André Almeida e Luís Martins: Portugal-Ucrânia (sub-21), em Santa Maria da Feira
Eduardo e Nélson Oliveira: Polónia-Portugal, em Varsóvia
Luisão: Bósnia-Brasil, na Suíça
Maxi Pereira: Roménia-Uruguai, em Bucareste
Garay: Suíça-Argentina, em Berna
Witsel: Grécia-Bélgica, em Iraklion
Rodrigo: Espanha-Egito (sub-23), em Torrelavega

FC PORTO:
Rolando, Moutinho e Varela (este último deverá ser dispensado): Polónia-Portugal, em Varsóvia
Hulk e Alex Sandro: Bósnia-Brasil, na Suíça
Defour: Grécia-Bélgica, em Iraklion
Rodríguez: Roménia-Uruguai, em Bucareste
Janko: Áustria-Finlândia, em Klagenfurt
James: México-Colômbia, nos Estados Unidos (5ª Feira madrugada)
Read More

Destaques da jornada nas principais ligas europeias

Mais um fim de semana de futebol com muitos jogos, muitos golos e muita emoção por essa Europa fora; tivemos mesmo mudança de liderança numa das principais ligas do continente.

Começamos pela Liga Espanhola onde o Real Madrid segue firme na liderança tendo ido ganhar por 1-0 a casa do Rayo Vallecano, num jogo de enorme dificuldade para os comandados por José Mourinho. A equipa da casa fez um jogo de uma intensidade e pressão notáveis e os problemas ainda podiam ter sido maiores se o juiz da partida tivesse punido com o cartão vermelho uma atitude muito feia de Sergio Ramos. Escapou o Real a um jogo que não merecia vencer com mais um momento de génio do nosso português Cristiano Ronaldo que apontou o único tento do jogo de calcanhar, o seu golo 50 da época em 50 partidas! Fica o vídeo do golo do nosso craque:


Continua o Real Madrid com uma vantagem de 10 pontos face a um Barcelona que foi a casa do outro grande clube da capital espanhola vencer por 2-1. Jogo muito conflituoso e nem sempre bem jogado que teve o primeiro golo no final da 1ª parte através de Daniel Alves e fruto de um primeiro período dominado pelo Barça. Reagiu o Atlético Madrid logo a seguir ao intervalo com um tento de Falcao mas Messi num golo de livre em que o GR adversário ainda estava a orientar a barreira selou o triunfo catalão.
Com o título entregue aos blancos o maior foco de interesse desta prova é a lista de marcadores onde Ronaldo soma 28 e Messi 27 golos. Temos luta até final entre as duas super estrelas.

Em Inglaterra houveram vitórias do duo que disputa o título britânico - as equipas de Manchester. O Man. City venceu fácil o Blackburn em casa por 3-0; Balotelli, Aguero e Dzeko fizeram os golos. Já o Man. United teve grandes dificuldades na casa do Norwich e só venceu por 2-1 graças a uma lenda do futebol: Ryan Giggs. Momento mágico do craque galês que no seu jogo 900 pelo seu clube de sempre marcou o golo da vitória já nos descontos! Para a história do desporto rei este lance.

 Foto AP

As equipas de Londres que tantos desapontamentos têm dado aos seus adeptos esta época venceram nesta jornada: Chelsea venceu sem problemas o Bolton por 3-0 e o Arsenal no jogo da jornada em Inglaterra venceu o Tottenham por 5-2. Neste derby da capital inglesa entrou melhor o Tottenham e aos 34 minutos já estava a vencer por 2-0 - L. Saha e Adebayor (este último através de um penalty inexistente) foram os marcadores. Ora a equipa de Arsène Wenger antes do intervalo empatou o jogo através de B. Sagna e de um golaço de Van Persie, que cimentou a liderança na lista de melhores marcadores (são 22 golos em 25 jogos). Na 2ª parte só deu Gunners que marcaram três golos - dois deles de Theo Walcott e um de Tomas Rosicky.
Está assim a classificação da Premier League:
1. Manchester City



63
2. Manchester United



61
3. Tottenham



53
4. Arsenal



46
5. Chelsea



46

Em Itália tivemos jogo do título em Milão com AC Milan e Juventus a lutar pela liderança do Calcio. Entrou fortíssimo o AC Milan na partida e dominou por completo a 1ª parte, chegando ao 1-0 por Antonio Nocerino. E só não chegou ao 2-0 antes do intervalo porque o árbitro da partida não assinalou uma bola que entrou dentro da baliza de Buffon num golo fantasma do tamanho do Mundo. Quando é que a FIFA vai acordar para a vida? A Juventus só entrou no jogo já na meia hora final marcando dois golos, no entanto, incorrectamente só um foi validado, Alessandro Matri foi o autor do empate.
Com este 1-1 ficou tudo em aberto na luta pelo título, como se pode ver na classificação da Serie A:
1. AC Milan 25


51
2. Juventus 24


50
3. Udinese 25


45
4. Lazio 25


45
5. SSC Napoli 25


40
6. Roma 25


38
7. Inter 25


36

Na Alemanha o Borrusia Monchengladbach foi o único dos três candidatos ao título que perdeu pontos (empate 1-1 em casa com o Hamburgo), atrasando-se face a Borrusia Dortmund e Bayern Munique. Os líderes de Dortmund venceram por 3-1 em casa o Hannover 96, contando com o inspirado Robert Lewandowski autor de dois golos e aumentando, assim, a diferença pontual para o 2º lugar.
O Bayern Munique recebeu e venceu por 2-0 o Schalke 04 com dois golos de Franck Ribéry, que respondeu da melhor forma ás críticas de individualismo do Presidente do clube bávaro.
Na frente dos melhores marcadores temos Huntelaar e Mario Gómez com 18 golos.
Confira a classificação da Bundesliga:
1. Borussia Dortmund



52
2. Bayern Munich



48
3. Borussia Monchengladbach



47

Finalmente, foi em França que tivemos a mudança na liderança deste fim de semana; o surpreendente Montpellier continua a espantar tudo e todos e beneficiou do empate do ex-líder PSG para chegar ao topo da Ligue 1 com mais um ponto que o seu perseguidor. Venceu por 1-0 o Bordeaux em casa com um golo, aos 80 minutos, de Utaka.
Jogo de loucos entre PSG e O. Lyon com o marcador final a assinalar 4-4. Marcou primeiro a equipa de Paris mas ainda na 1ª parte os da casa deram a volta ao placar para 3-1, destaco o 3º do Lyon, um golão de Michel Bastos. Nenê reduziu para 3-2 ainda antes do intervalo na conversão de um penalty. Os locais abriram a 2ª parte com o 4-2 mas o PSG ainda arranjou forças para marcar dois golos, o último destes na derradeira jogada da partida - marcou Guillaume Hoarau, autor de dois golos neste jogo.
Read More

Académica 0-0 Benfica: encarnados perdulários injustiçados em Coimbra

Jogo fácil de comentar, o que se passou em Coimbra na 20ª Jornada- Benfica com 7 ou 8 oportunidades de golo na cara de Peiser, sentido único no jogo, posse de bola esmagadora e um árbitro que prejudicou em muito o SLB ditaram a perca de 2 pontos para os encarnados e dificuldades acrescidas para a conquista da Liga Zon Sagres 2011/12.

Imagem de Gualter Fatia

Jorge Jesus apostou na fórmula que tem trazido mais sucesso nos jogos fora este ano com Witsel no apoio a Matic e Cardozo sozinho na frente de ataque. Bruno César no lugar de Nolito, Javi Garcia ainda no banco, Luisão castigado e Rodrigo lesionado ficaram na bancada.
Académica com as ausências dos dois centrais e com o seu melhor marcador, Éder, ausente por problemas disciplinares. A equipa da cidade do conhecimento vinha de 7 jogos sem vencer para a Liga.

Vou falar do jogo em si mais à frente e podemos queixar-nos de falta de pontaria dos avançados encarnados agora na minha maneira de ver um jogo de futebol quando há um penalty aos 8 minutos de jogo não assinalado e quando aos 57 minutos Hugo Miguel faz vista grossa a um abalroamento a Pablo Aimar na área de rigor dos estudantes é injusto estar a culpar Cardozo, Bruno César, Nélson Oliveira ou Jorge Jesus. 
O 1º penlaty é uma mão clara depois de cruzamento de Bruno César - lembro-me logo do jogo em Braga em que nos foi assinalado um penalty igual de Emerson que ditou um empate e agora, e em Santa Maria da Feira já tinha acontecido um lance igual, nada é assinalado.
O 2º penalty então é de encomenda, vou deixar as imagens deste lance ridículo, lembro que Hugo Miguel assinalou falta do médio encarnado:


1ª Parte em que a Académica defendeu, e sem exageros, com os 11 jogadores e não teve uma oportunidade de golo e causou dificuldades à velocidade de jogo vermelha. Mesmo assim duas grandes oportunidades de golo - 17 e 32 minutos - podiam ter colocado o Benfica na frente do jogo.

Jorge Jesus viu bem que seria preciso colocar mais explosão na frente de ataque porque só com Cardozo na frente ia ser dificil e logo ao intervalo pôs Nélson Oliveira em campo tirando o amarelado Matic.
Foram 30 minutos na 2ª parte fantásticos do SLB com várias oportunidades claras de golo, beneficiando de uma Académica mais subida que valeu à equipa local as suas duas primeiras situações de golo.

A verdade é que a bola não entrou e Peiser foi o homem do jogo com 4 ou 5 defesas decisivas. Nos últimos 15 minutos o Benfica foi-se abaixo psicologicamente e sentiu muito a falta dos líderes Luisão, Javi Garcia e Aimar em campo, este último substituído. Não gostei nada que Jorge Jesus tivesse entregue a construção de jogo a Bruno César, foi um erro que custou caro e fez com que nos últimos minutos a estratégia atacante ficasse resumida a bola para a frente. Onde anda Saviola Jesus? Era de caras que com a saída do estoirado Aimar o argentino tinha que ir a jogo. Esta situação de Saviola não entendo...
Também não entendo, mas já bati demais no brasileiro aqui no Fura-Redes, a teimosia em Emerson... Digo só que a única coisa que ele faz bem é passar a bola para trás.

Depois de 35 jogos a marcar o Benfica fica em branco por duas vezes seguidas e depois de Jorge Jesus ter chegado à vitória 100 à frente dos encarnados não mais venceu. O futebol é mesmo assim, uma caixa de surpresas. A verdade é que este é o ciclo mais difícil dos encarnados na campeonato e se chegarmos no próximo sábado na frente da Liga continuamos a ser o mais sério candidato ao título. Na história do campeonato uma equipa do Benfica com 49 pontos à 20ª Jornada só não foi campeã por uma vez - 1978/79. E estamos exactamente com os mesmos pontos, nesta jornada 20, com os quais fomos campeões da última vez.

Agora vem o clássico com o FC Porto e não tenham dúvidas que é com situações destas que as equipas azuis e brancas se galvanizam. 5 pontos desperdiçados antes do jogo de sexta-feira é um tiro no pé que me deixa preocupado. Mesmo assim acredito e lá estarei no Estádio Luz a apoiar.
Para os mais desatentos refiro que se jogam mais do que 3 pontos neste jogo. Se houver uma vitória, para qualquer dos lados, a vantagem na tabela será de 3 pontos mas na realidade será de 4 pontos devido aos critérios de desempate. Se houver empate a 0 ou a 1 bola o Benfica ficará na frente da tabela apesar de empatado pontualmente. Se se repetir o resultado da 1ª volta, 2-2, o desempate será através da diferença de golos no final da prova. 

Figura do jogo - Peiser. O GR da Académica defendeu tudo e mais alguma coisa e é o segundo maior culpado deste empate comprometedor. O primeiro vestia ontem de amarelo e podia ter levado um nariz de palhaço.
Read More

Deivid - ex Sporting - falha golo incrível (com vídeo)

O avançado brasilerio Deivid que já passou pelo Sporting teve uma semana para esquecer. Falhou um golo incrível, sem qualquer tipo de oposição, e teve que ver os media divulgar para todo o mundo esta jogada inacreditável. Em tempo de Carnaval mal posso imaginar as piadas todas que se devem ter feito no Rio de Janeiro!
Deivid joga actualmente no Flamengo e participava na meia final da Taça Guanabara 2012 contra o arqui rival Vasco da Gama - a sua equipa perdeu por 2-1.
Veja aqui o vídeo de um dos maiores falhanços de sempre; atenção, também, ao fiscal de linha que já ia a correr para o meio campo para assinalar o golo e voltou para trás:


Read More

16avos de final da Liga Europa 2012: balanço e comentários

Estão jogados os 16avos de final da Liga Europa 2011/12 e já só temos uma equipa portuguesa em prova - o Sporting. O Braga e o FC Porto, os finalistas do último ano, estão fora da prova mas de maneira diferente, se o SC Braga cai de pé frente ao Besiktas o FC Porto caiu vergado ao poder do Man. City na maior goleada que sofreu, a duas mãos, nas provas da UEFA.

Ficam os números da 2ª Mão e os resultados, em parêntesis, da 1ª Mão:
Manchester City-FC Porto, 4-0 (2-1 na primeira mão)
Valência-Stoke City, 1-0 (1-0)
Athletic Bilbau-Lokomotiv Moscovo, 1-0 (1-2)
Twente-Steaua Bucareste, 1-0 (1-0)
PAOK-Udinese, 0-3 (0-0)
PSV Eindhoven-Trabzonspor, 4-1 (2-1)
Club Brugge-Hannover, 0-1 (1-2)
Standard Liège-Wisla Cracóvia, 0-0 (1-1)
Besiktas-Sp. Braga, 0-1 (2-0)
Manchester United-Ajax, 1-2 (2-0)
Sporting-Legia, 1-0 (2-2)
Schalke 04-Viktoria Plzeň, 3-1 prolongamento (1-1)
Anderlecht-AZ Alkmaar, 0-1 (0-1)
At. Madrid-Lazio, 1-0 (3-1)
Metallist Kharkiv-RB Salzburgo, 4-1 (4-0)
Olympiakos-Rubin Kazan, 1-0 (1-0)

Mas comecemos pelo clube que conseguiu o apuramento, apesar de ter pela frente a equipa mais frágil das três. Depois do empate a duas bolas em casa do Légia Varsóvia o Sporting venceu por 1-0 em Alvalade e vai agora defrontar o Man. City nos oitavos de final.
Golo solitário apontado por Matias Fernández na sequência de um livre muito bem cobrado; o único destaque num jogo fraquinho e sem interesse.
O novo treinador Sá Pinto é o grande vencer de hoje pois ao arriscar a previsão de uma vitória na conferência de imprensa de ontem ganhou algum espaço de manobra e conseguiu mudar o discurso que reinava no SCP.

Depois de muito prejudicado pela arbitragem no jogo da 1ª Mão e da derrota por 2-0 a tarefa do Braga era impossível. Fica, no entanto, uma grande exibição em casa do Besiktas e uma vitória por 1-0 que traz prestígio e pontos europeus. Muito forte o Braga em todos os sectores e com um Lima numa fase de forma verdadeiramente assombrosa - o GR Quim também merece grande destaque no jogo de hoje.
Merecia ter levado o jogo a prolongamento e Lima teve nos pés o seu 2º golo do jogo que daria os merecidos 30 minutos extra. Caso sério este Braga de Leonardo Jardim - não me lembro de uma exibição destas na grande época de Domingos Paciência.


Por fim, o FC Porto, campeão em título que sai pela porta dos fundos de uma competição que disse queria vencer. Jogo atípico em Manchester com o City de Mancini a dar a iniciativa de jogo ao FCP e a procurar desferir golpes mortais no contra-ataque. Foram quatro e podiam ter sido mais perante uma defesa do Porto completamente perdida. De positivo só mesmo a exibição de João Moutinho pois para a história fica a maior derrota a duas mãos do FC Porto nas provas europeias. Uma equipa não pode cantar vitórias morais quando segue à risca o guião que a outra montou.
Inglaterra é um trauma histórico do FC Porto, onde só José Mourinho foi feliz, com mais uma goleada para a história recente do clube azul - nas últimas 4 épocas é o segundo 4-0 que sofrem e já perderam por 5-0 em casa do Arsenal.
Outro sintoma histórica deste Porto, que venceu três provas europeias nos últimos 10 anos (finais com o Celtic, Mónaco e Braga), é o de não fazer finca pé aos grandes da Europa. Mesmo com as referidas conquistas, dos clubes de top só eliminou o Man. United  - lembro que o Benfica no mesmo período de tempo eliminou o mesmo United por duas vezes e também o Liverpool campeão europeu em título. Dá vontade de dizer que quando o sorteio aperta o FC Porto desaparece. Tem o mérito de aproveitar, como ninguém, circunstâncias e épocas favoráveis.

Ficam os jogos que se vão jogar nos oitavos de final da Liga Europa 2011/12:
Metallist Kharkiv/Olympiakos
Sporting/Man. City
Twente/Schalke 04
Standard Liége/Hannover
Valência/PSV
AZ Alkmaar/Udinese
Atlético Madrid/Besiktas
Man. United/At. Bilbao
Read More

Inter e Bayern em apuros nos oitavos de final da Champions

Foram hoje jogados os dois últimos encontros da 1ª Mão dos Oitavos de Final da Liga dos Campeões 2011-12 e terminamos esta primeira ronda com duas surpresas. Em Marselha e em Basileia as equipas locais bateram o pé por 1-0 aos antigos campeões Inter de Milão e Bayer Munique. Tarefa muito complicada para estes dois colossos na 2ª Mão em suas casas.

O Marselha - Inter começou muito animado com as duas equipas a mostrarem bons argumentos. Foi de Diego Forlán a primeira oportunidade de golo do jogo e dá vontade de perguntar onde tem andado o uruguaio Inter? Marselha respondeu aos 30 minutos com grande hipótese de golo numa confusão na área italiana. No entanto, os franceses, apesar de terem tido mais bola, não conseguiram rematar à baliza na 1ª parte de jogo.
A 2ª parte foi muito fraca e parecia condenada ao medíocre 0-0 quando André Ayew (na foto) acordou. O ganês deu show de bola nos últimos minutos e avisou o Inter por duas vezes. No último lance de jogo rematou de fora da área, ganhou um canto e na marcação deste desviou ao primeiro poste e deu uma vantagem preciosa ao Marselha.
Depois desta estrelinha e de todos os problemas que o Inter tem tido esta época arrisco dizer que o Marselha, ao contrário do esperado, vai-se apurar para a próxima fase.


O Basileia - Bayern Munique foi o melhor jogo destes primeiros oito; então a primeira parte foi electrizante. Logo aos 3 minutos Franck Ribery apareceu isolado e quase faz o 1º golo. Insistiram os alemães e aos 12 minutos, outra vez Ribery a perder outro golo na cara do GR do Basel Yann Sommer, que com duas defesas notáveis salvou a sua equipa. Contagiados pela capacidade do seu keeper os suíços pegaram no jogo e nos cinco minutos seguintes tiveram três gigantes oportunidades de golo, numa delas com a bola a passear na linha de golo germânica e noutra a bola foi mesmo à barra de Neuer.
Sentiu o perigo e como qualquer boa equipa alemã o Bayern meteu gelo no jogo e controlou a bola com mais calma até ao final da 1ª parte.
Na 2ª parte só deu Bayern e foram várias as oportunidades da equipa da Baviera não concretizadas. Ora aos 86 minutos o recém entrado Jacques Zoua arrancou do flanco direito do ataque suíço, rasgou a defesa do Bayern com um passe para dentro da sua área e Valentin Stocker na cara do GR não desperdiçou o golo. Estava feito o resultado final mas ainda ficou, nos minutos derradeiros, um penalty por marcar para o Bayer Munique.
Continua a época europeia fantástica do FC Basel, só o Benfica o derrotou, e depois de eliminar o Man. United é o Bayern que está em perigo. Acredito, no entanto, que os bávaros vão dar a volta ao texto na sua casa. Mas a ver vamos...


Finalmente, duas considerações sobre esta primeira ronda de Champions:
1) Real Madrid e Barcelona já apurados confirmando o seu estatuto de favoritos a vencer este ano;
2) Interessante ver as duas equipas inglesas quase eliminadas por duas italianas. Ainda há 4 épocas isto seria impensável, pois tínhamos 3 inglesas nas meias de final e 2 na final e italianos, nestes últimos anos, só mesmo com Mourinho.

Ficam os resultados completos da Liga dos Campeões:
O. Lyon 1-0 APOEL
Napoli 3-1 Chelsea
AC Milan 4-0 Arsenal
FC Basel 1-0 Bayern Munique
B. Leverkusen 1-3 Barcelona
CSKA Moscovo 1-1 Real Madrid
Zenit S. Petersburgo 3-2 Benfica
Marselha 1-0 Inter Milão






Read More

Apanha bolas danado para partidas de Carnaval - Nenê do PSG é que sofreu

Este fim de semana a Ligue 1 de França teve uma partida de Carnaval inesperada. Jogava-se o jogo do título desta época 2011/12 entre PSG e Montpellier e no período de compensação, quando o PSG carregava para tentar chegar ao 3-2, este apanha bolas resolveu acalmar o brasileiro Nenê e dizer que dava a bola quando e como lhe apetecesse. Só rir veja o vídeo em baixo:


Read More

Oitavos de final da Champions - Real Madrid e Napoli próximos do apuramento

Realizaram-se hoje mais dois jogos da 1ª Mão dos Oitavos de Final da Liga dos Campeões 2011/12. Na Rússia o Real Madrid empatou com o CSKA Moscovo a uma bola e está com o apuramento muito bem encaminhado. Em Itália o Napoli recebeu e venceu o Chelsea por 3-1 e também está perto dos quartos de final da competição.
Mas vejamos mais ao detalhe os jogos de hoje da principal prova de clubes do Mundo.

Numa cidade de Moscovo gelada - 15 graus negativos - e num relvado sintético em más condições o Real Madrid apresentou-se com um onze sem Kaká e com Callejon de inicio. Começou bem o Real com a iniciativa de jogo, mesmo apesar da lesão de Benzema que teve que sair logo aos 15 minutos de jogo.
Quem nem o frio consegue parar é Cristiano Ronaldo que aos 28 minutos marcou o golo do Real Madrid, tento que deverá decidir esta eliminatória. Cruzamento largo de Fábio Coentrão e CR7 num remate fantástico de primeira e de pé esquerdo a bater o GR russo. Mais um golo para a mais tarde recordar!
Valeu este jogo por este momento pois durante os 92 minutos foi uma partida morna e com os blancos sempre a controlar as incidências, muito à imagem do que costumam fazer as equipas de Mourinho. Mas atenção porque o jogo teve 93 minutos e no último minuto, num livre em que a defesa do Real desapareceu e permitiu três toques aéreos na sua grande área, Wernbloom empatou o jogo na única chance de golo da equipa moscovita.
Deixa de estar 100% vitoriosa a equipa de Madrid nesta prova mas nesta altura interessa é passar e isso ficou hoje tratado.

Para a cidade de Nápoles, num estádio San Paulo à pinha, estava guardado a partida mais importante de André Villas Boas desde que chegou ao Chelsea. Ou era agora ou nunca que conseguia mostrar que era capaz de apresentar uma equipa competitiva num jogo de dificuldade máxima. Parece que vai ser nunca para o português, pelo menos no Chelsea.
Desde o sorteio que para mim o favorito deste "mata-mata" são os italianos e hoje mostraram no porquê - cuidado com esta equipa pois tem qualidade para ir longe nesta prova, claro que ainda tem que ir a Londres confirmar a eliminação dos blues.
Entrou melhor o Napoli no jogo e só Petr Cech, com duas grandes defesas, impediu os napolitanos de chegar à vantagem nos primeiros 20 minutos. O problema para os da casa é que o seu capitão Paolo Cannavaro ofereceu um golo a Juan Mata e aos 26 minutos os forasteiros adiantavam-se no marcador. Mas nem a sorte do jogo esta equipa já consegue aproveitar e antes do intervalo já estava a perder. Lavezzi num remate à entrada da área e Edinson Cavani depois de um cruzamento largo deram a volta ao marcador. Mais uma vez grandes dificuldades defensivas do Chelsea apesar de hoje terem pela frente uma das melhores duplas atacantes da actualidade do futebol mundial.
Entrou forte o Chelsea na 2ª parte com uma pressão alta eficaz e esteve perto de empatar o jogo mas aos 65 minutos Cavani ganha a bola a um David Luiz que se fez mal ao lance e serviu Lavezzi que fez o 3-1 final.
Para alguns a eliminatória poderá ainda estar em aberto mas confesso que ficarei chocado se o Chelsea de AVB conseguir dar a volta na 2ª Mão. Existe um grande diferença de organização e de qualidade entre estas duas formações.

Para amanhã estão reservadas mais emoções na Champions com o Marselha-Inter e o Basileia-Bayern Munique.
Read More

As contas do título à 19ª Jornada - veja o que falta jogar

Depois de uma semana de Carnaval para esquecer do Benfica o título ficou ao rubro e, quando faltam 11 jogos, é altura para conhecer o calendário que falta aos dois rivais e fazer as contas do título. 

Benfica
Local
FC Porto
Local
Académica (10º lugar)
Fora
Feirense (14º lugar)
Casa
FC Porto (2º)
Casa
Benfica (1º)
Fora
Paços de Ferreira (12º)
Fora
Académica (10º)
Casa
Beira-Mar (13º)
Casa
Nacional (7º)
Fora
Olhanense (8º)
Fora
Paços de Ferreira (12º)
Fora
Braga (3º)
Casa
Olhanense (8º)
Casa
Sporting (5º)
Fora
Braga (3º)
Fora
Marítimo (4º)
Casa
Beira-Mar (13º)
Casa
Rio Ave (11º)
Fora
Marítimo (4º)
Fora
Leiria (15º)
Casa
Sporting (5º)
Casa
V. Setúbal (16º)
Fora
Rio Ave (11º)
Fora

Ora bem cada um é livre de fazer as suas próprias conclusões e, olhando para a tabela, tenho umas quantas:
1 - Parece-me lógico que o FCP tem o calendário mais dificil, sendo que o SLB jogou ontem o penúltimo jogo em casa dos classificados na 1ª metade da tabela (falta Alvalade) e o Porto ainda tem quatro jogos fora de portas com os melhores classificados - em Braga, dois na Madeira e na Luz. Penso assim que o FCP vai perder mais pontos que o SLB até ao final, estando assim toda a pressão em cima do Porto para dar a volta à questão no Estádio da Luz.


2 - Têm os dois ciclos em que encontram os três clubes que os perseguem quase de seguida - Benfica da 25ª à 27ª com dois jogos em casa; FCP da 26ª à 29ª com 2 jogos fora. A resposta a estes ciclos também será decisiva.
Também penso que aquele ciclo final do SLB com os dois últimos classificados e apesar de muitos acharem ser favas contadas poderá ser complicado pois estas equipas vão lutar pela permanência nestes jogos.

3 - Já agora o SC Braga, que a 5 pontos não pode deixar de ser incluído nestas contas, ainda vai a casa do Nacional, a Alvalade e à Luz; recebe o FCP e o V. Guimarães. Curiosamente, joga de seguida com os principais rivais desta luta - 25ª e 26ª Jornada.

4 - Finalmente, acho sinceramente, que se o Benfica sair do clássico de 2 de Março em 1º lugar será o próximo campeão nacional. Mas muito provavelmente se o FCP vencer o jogo da Luz também o será. Claro que com nove jornadas para o final nada ficará totalmente definido mas o aspecto psicológico, penso eu, marcará a diferença até final.
Read More

Vitória 1-0 Benfica: encarnados complicam título com fraca exibição

O Benfica chegava a Guimarães para a 19ª Jornada com a pressão de ter visto durante o fim de semana todos os perseguidores ganharem os seus jogos. Jorge Jesus tinha toda a razão em dizer que esta era uma das últimas deslocações de grau de dificuldade elevado neste campeonato, agora o que não entendo é então por que a equipa produziu tão pouco neste jogo. Se estavam tão avisados tinham que ter jogado mais...

O primeiro erro da noite benfiquista começou no onze inicial - Jorge Jesus deixou Witsel no banco e pagou cara esta escolha. Entregando funções a Aimar que não podem ser dele, o argentino desapareceu de jogo e não se viu na 1ª parte.
E acima de tudo, coisa que Jesus ainda não conseguiu entender, há jogos em que o mais importante é não perder. Este era um deles pois duas derrotas seguidas podem ser muito difíceis de ultrapassar. Assim, penso que entrar com cautelas na primeira parte seria o mais indicado.
Vitória de Guimarães sem Nuno Assis ainda a regressar de lesão e com Paulo Sérgio no lugar do engripado Urreta.

Jogo muito repartido e confuso na 1ª parte com o Benfica a ter as duas primeiras oportunidades de golo do jogo; Nolito num canto à Camacho e Nico Gaitán numa jogada individual depois de um lançamento lateral não conseguiram encontrar as redes da baliza de Nilson. Já se sabia que para o SLB, e depois do desgaste da Rússia, era fundamental marcar cedo para depois controlar e sair rápido. Não marcou e tudo se complicou.
O Vitória, na primeira meia hora de jogo, só chegou à área no seguimento de maus pontapés da defesa encarnada e de Artur, muito devido ao estado da relva da grande área defensiva da 1ª parte. Gostava que alguém me explicasse como é que o relvado do campo está num estado perfeito e uma das grandes áreas parece um batatal. Inexplicável...

Passavam 37 minutos de jogo quando aconteceu o momento decisivo do jogo. Livre na direita do ataque do Vitória - livre inventado pelo fiscal de linha do costume, se existe falta é uma grande simulação de Paulo Sérgio - defesa do Benfica a ver a banda passar e Toscano num remate à meia volta a marcar o único golo do jogo. Não é possível sofrer um golo destes com toda a gente a dormir...

O Benfica sentiu muito este golo e não houve jogo até ao final dos primeiros 45 minutos, Maxi Pereira então perdeu para aí umas sete bolas em 7 minutos. Resultado injusto ao intervalo e o SLB em grandes dificuldades: sem fio de jogo a viver muito do jogo das alas e sem capacidade de ganhar o jogo a meio campo. Completamente maniatado pela defesa do Vitória que secou por completo Aimar e Nolito, só Rodrigo apareceu a espaços nesta primeira etapa.


O problema é que a 2ª parte foi quase uma cópia da 1ª. Mesmos problemas, mesma falta de meio campo que já expus e mesma atitude da equipa encarnada. Também não ajudou o facto de Jorge Jesus mexer tão tarde na equipa - Nolito, por exemplo, acabou de jogar aos 60 minutos e ficou em campo até ao fim. Se juntarmos ao jogo para esquecer de Maxi e Garay, consegue-se explicar a primeira derrota na Liga, pois estes têm sido dos jogadores mais regulares do líder do campeonato. Que falta faz Javi Garcia... No meio desta miséria toda só Gaitán merece um destaque positivo.

Mérito para a defesa do Vitória e para a estratégia de Rui Vitória apesar de não terem feito nada para vencer o jogo. O resultado justo era o empate pois ofensivamente o Guimarães não existiu.
O anti jogo tão descarado também não fica bem ao VSC e em alguns momentos fez-me lembrar o estilo de jogo do Braga, algo que sei não deixa nada orgulhosos os adeptos do Vitória de Guimarães. Paulo Sérgio e Barrientos então deram uma lição de salto para a piscina.

Termina aqui um ciclo glorioso do Benfica, primeira derrota em 10 meses para o Campeonato e primeiro jogo sem marcar golos da época (37 jogos se contarmos com os 2 últimos da época passada).
É preciso reagir e é já em Coimbra pois se não vencermos na cidade dos estudantes o campeonato vai fugir. Agora nunca saberemos mas penso, sinceramente, que se o SLB tivesse ganho hoje na cidade berço carimbava o seu 33º título nacional. No entanto, continuo a achar que se o Benfica sair do clássico de Março na frente do campeonato será campeão.
Pelo lado positivo sabemos que com 48 pontos à 19ª Jornada só por uma vez o Benfica não se sagrou campeão e qualquer pessoa que olhe para o que falta jogar verá, obrigatoriamente, que o Porto tem um campeonato bem mais difícil que o do SLB (vai ainda à Madeira duas vezes, Braga e claro vai ao Estádio da Luz); e tem dois pontos a menos o que não é pormenor nenhum.

Figura do jogo - Toscano. O Vitória viveu muito do colectivo e portanto não houve grandes exibições individuais para além do defesa direito Alex e do homem que decidiu o jogo Toscano.
Read More

Saiba tudo sobre esta jornada de futebol nos campeonatos Europeus

Mais um fim de semana de futebol com muitos focos de interesse por essa Europa fora agora que os campeonatos entram na fase decisiva e da qual sairão os novos campeões.

Comecemos pelo país vizinho e a sua Liga BBVA onde o Real Madrid continua a espalhar magia, a quebrar recordes e está com o título no bolso. Que grande festa se aproxima das ruas de Madrid depois destes anos todos a ver o rival Barcelona ganhar. Em 23 jornadas o Real tem 20 vitórias, sendo que a vítima desta semana foi o Santander, derrotado por 4-0.
Cristiano Ronaldo abriu o marcador aos 6 minutos e com a expulsão de um jogador adversário aos 39 minutos - muito exagerada diga-se - os blancos nem tiveram que se cansar para conseguir uma vitória confortável. Nota para os dois golos de Benzema e para o golaço de Angel Di Maria. Ora veja o vídeo do tiro do argentino:


Os comandados de Mourinho continuam com 10 pontos de vantagem do Barcelona que deu um grande show na recepção ao 3º classificado Valência. Mais uma manita de Guardiola (5-1) com 4 golos de Messi, já nem vale a pena falar muito das qualidades deste E.T. e um de Xavi.
Nota para o 3-5 entre Levante e Rayo Vallecano e para o golão que Franco Jara marcou hoje pelo Granada.


Em Inglaterra tivemos, esta fim de semana, Taça e mais uma vez Chelsea e Arsenal desiludiram muito, sendo que os últimos estão fora da competição - mais um ano sem vencer nada para os londrinos. Quanto ao Chelsea, que nem conseguiu bater o Birmingham da 2ª divisão, acho sinceramente, que se não houvesse Liga dos Campeões já a meio da semana André Villas Boas já não ia comandar o Chelsea no próximo fim de semana; a equipa não corre e parece óbvio o divórcio entre o treinador e os jogadores. Abramovic deve pensar que trazer um treinador novo agora era ainda pior que manter o português para ver se consegue fazer frente ao Nápoles na Champions.
Chelsea e Tottenham terão de realizar jogo de desempate nos oitavos de final da Taça de Inglaterra
Quem segue em frente é o Liverpool com uma vitória confortável por 5-1 sobre o Brighton e sem os rivais de Manchester na prova penso que são os grandes favoritos a receberem a Taça das mãos da Rainha de Inglaterra.

O maior ponto de interesse desta jornada acontecia em França onde havia jogo entre os dois clubes que discutem o título deste ano: o PSG recebia o Montpellier com 1 ponto de vantagem para o jogo do título. Foi, de facto, um grande jogo de futebol e as duas equipas mostraram por que estão lá em cima da classificação. Para regalo dos adeptos de futebol o jogo terminou empatado e vamos ter luta renhida até ao fim da prova, com vantagem em caso de empate pontual para os de Paris.
Entrou muito bem o Montpellier em jogo com duas grandes oportunidades de golo. Foi, no entanto, o PSG que chegou ao primeiro golo - Alex foi o autor - logo seguido do empate, por Younes Belhanda, mesmo em cima do intervalo. O resultado final de 2-2 foi estabelecido nos últimos dez minutos de loucos com um golo para cada lado: Utaka (Montpellier) e Hoarau (PSG) marcaram os tentos.
Confira a tabela da Liga Francesa:
1. Paris Saint Germain 24


51
2. Montpellier 24


50
3. Lille 23


42

Na Alemanha foi uma boa jornada para os líderes Dortmund que venceram o seu jogo em casa do Hertha de Berlim e viram o crónico candidato Bayern Munique perder dois pontos em Friburgo. Quem não deixa o líder fugir é o Borrusia Monchengladbach que está a fazer um grande campeonato e venceu por 2-1 o Kaiserslautern.
Confira a classificação na Bundesliga:
1. Borussia Dortmund



49
2. Borussia Monchengladbach



46
3. Bayern Munich



45
4. Schalke 04



44

Por fim, em Itália foi uma jornada decisiva na definição dos últimos dois candidatos ao trono italiano: são eles AC Milan e Juventus, os eternos rivais. O Calcio tinha andado muito confuso nas posições da frente mas esta jornada deixou os clubes acima referidos sozinhos na frente. Venceram os respectivos jogos jogando bem e viram Udinese e Lazio empatar e perder, respectivamente, terminando assim o seu sonho do título.
Grande jogo de Andrea Pirlo na vitória da Juve por 3-1 sobre o Catania. Se Pirlo esteve em grande quem esteve em baixo foi o Inter que mais uma vez acabou humilhado em casa por um clube do fundo da tabela: desta vez foi o 16º classificado Bolonha a golear por 3-0 em San Siro. Será que três anos depois de serem coroados reis da Europa o Inter não irá marcar presença nas provas europeias?
Fica a classificação do campeonato em Itália:
1. AC Milan 24


50
2. Juventus 23


49
3. Udinese 24


42
4. Lazio 24


42
5. Roma 24


38
6. SSC Napoli 24


37
7. Inter 24


36

Read More

IBM

Temas

2011 2011/12 2012 2012/13 2013 2013/14 2014/15 2015/16 2016/17 2017/18 2ª Divisão A Bola A Magia do Futebol AC Milan Academia Seixal Académica Adeptos Agenda Aguero Aimar Ajax Alemanha Alex Ferguson Alex Sandro Amigável análise tática Andebol Anderson Talisca André Gomes André Silva Andrea Pirlo Angola Aniversário Antevisão António Salvador Anzhi Apagão Apito Dourado arbitragem árbitro Argentina Arouca Arsenal Artur Artur Soares Dias AS Roma Atlético Madrid Atletismo auto-golo Balotelli Barcelona Basquetebol Bayer Leverkusen Bayern Munique Beckenbauer Beira-Mar Belenenses Benfica Benfica B Benfica Campeão Benfica TV Bernardo Sassetti bilhetes Blatter Blogs Blogs Benfica Blogs Futebol Boavista Boca Juniores Bola de Ouro Bolt Borussia Dortmund Bota de Ouro Boxing Day Braga Brasil Brasileirão Bruno Alves Bruno César Bruno de Carvalho Bruno Paixão Buffon Bundesliga C. Ronaldo Calendário Campeão Campeonato Alemão Campeonato Argentino Campeonato Brasileiro Campeonato da Europa Campeonato da Europa 2016 Campeonato do Mundo Campeonato do Mundo de Clubes Campeonato Escocês Campeonato Espanhol Campeonato Holandês Campeonato Italiano Campeonato Maicon Campeonato Nacional campeonatos europeus CAN Canoagem Capdevilla Cardinal Cardozo Carlo Ancelotti Carlos Martins Casagrande Casillas Caso e-mails Caso vouchers Cavani Cech Celtic Glasgow Chalana Champions Chelsea Chicotada Ciclismo clássico Coluna Conselho de Arbitragem Conselho de Disciplina contas título contrato Copa do Mundo 2014 Copa dos Libertadores Corinthians corrupção Cosme Damião CR7 Cristiano Ronaldo crónica futebol D. Kiev David Beckham David Luiz De Gea Defeso Del Piero derby Derby della Madonnina Desportivo das Aves Desportivo de Chaves Desporto Di Maria Di Matteo Diego Costa Direitos TV Djuricic Domingos Doping Doyen Sports Drogba Éder Ederson El Pibe Eleições Eliseu Emerson Enke Enzo Pérez Equipa Equipas B Eredivisie escândalo Escutas Espanha Estádio da Luz Estádio de Alvalade Estádio do Jamor Estádio Dragão Estatísticas Estoril Estrelas do Futebol Euro 2004 Euro 2012 Euro 2016 Eusébio Eusébio Cup Everton FA Cup Fábio Coentrão Fair Play Fair Play financeiro Falcao FC Porto FCP Federação Portuguesa Futebol Fédération Internationale de Football Association Fehér Fernando Gomes Fernando Pimenta e Emanuel Silva Fernando Santos Fernando Torres FIFA Final Final Euro 2016 Final Liga dos Campeões Final Liga Europa 2012/13 Final Liga Europa 2013/14 finanças Fintas Flamengo Fluminense Football Leaks FPF França França 2016 Funny Football Fura-Redes Futebol Internacional Futebol Mundial Futebol Nacional Gaitán Galatasaray Garay Gareth Bale Gianni Infantino Giggs Gil Vicente Glorioso SLB Golden Boy Golo de Bicicleta Golo de Calcanhar Golo de Livre golo do ano Golo do Dia Golo Fantasma Gonçalo Guedes Grimaldo Guarda-Redes Guardiola Gyan Hat-Trick História Holanda Hóquei em Patins Hulk Ibrahimovic IFFHS Inferno da Luz Inglaterra Iniesta Inter International Board Itália Jackson Martínez James Rodríguez Jardel Jardel (33) Javi Garcia Jimmy Hagan JJ JO Joaquim Oliveira jogadores Benfica Jogos Olímpicos Johan Cruyff John Terry Jonas Jorge Jesus Jorge Mendes Jorge Sousa Jornal Jornal Record José Gomes José Mourinho José Pratas jovem promessa Júlio César juniores Jupp Heynckes Juventus Kaká Kardec Kelvin Klose Kompany La Liga Lampard Lazio Lázio Lebron James Leicester Leis do Futebol Léo Leonardo Jardim lesões Lewandowski LFV liga Liga BBVA Liga da Verdade Liga das Nações Liga dos Campeões Liga Europa Liga Inglesa Liga Nos 2014/15 Liga Nos 2015/16 Liga Nos 2016/17 Liga Nos 2017/18 Liga Orangina Liga Portuguesa Liga Portuguesa Futebol Profissional Liga Zon Sagres Liga Zon Sagres 2012/13 Liga Zon Sagres 2013/14 Ligue 1 Lima Lindelof Lionel Messi Lisandro López Liverpool Ljubomir Fejsa Londres 2012 Lopetegui LPFP Luís Figo Luís Filipe Vieira Luisão Maicon Man. City Man. United Manchester City Manchester United Mantorras Manuel Fernandes Maracanã Maradona Mário Wilson Marítimo Markovic Matic Maxi Maxi Pereira Medalheiro Melgarejo melhor marcador melhores golos 2013 melhores golos 2014 melhores golos 2015 melhores golos 2016 Mercado Mesquita Alves Messi Mexes México Miccoli Michael Jordan Mitroglou Modalidades Moreirense Mourinho Moutinho Mundial 2014 Mundial 2018 Mundial Clubes Museu Cosme Damião Nacional Nani Nápoles NBA Nélson Oliveira Newcastle Neymar Nike nº 10 No Name Boys Nolito novo contrato Nuno Espírito Santo Nuno Gomes O. Lyon Oblak Ola John Olegário Benquerença Olhanense Olheiro Olivedesportos Os três grandes Ozil Paços de Ferreira Pantera Negra Paolo Maldini Parceiros Paulo Bento Paulo Fonseca Pedro Proença Penafiel penalty Pepe Petardos Petit Phelps Ping Pong Pinto da Costa Pizzi PJ Platini Polvo Portugal Portugal Campeão 2016 Postiga pré-época Premier League Prémio Puskas PSG PSV Ramires Raúl González Raúl Meireles Real Madrid Recordes Red Pass Reforços Regulamentos 72 horas Rei Eusébio relatório contas Renato Sanches Ribery Rio Ave Riquelme River Plate Robben Roberto Carlos Rodrigo Rodrigo Mora Rojo Ronaldinho Ronaldinho Gaúcho Ronaldo Ronaldo vs Messi Rooney Rúben Amorim Rui Costa Rui Vitória Rússia SAD Salvio Samaris Saviola SCB Scholes Scolari SCP Seferovic Selecção Sérgio Conceição Sergio Ramos Serie A Sevilha Shevchenko Simão Sabrosa Sistema SL Benfica SLB Slimani sorteio Sport Lisboa e Benfica Sport tv Sporting Steven Gerrard Suárez sub-20 Suécia Suiça Sulejmani Super Maxi Supertaça Taça da Liga Taça da Liga Inglesa Taça das Confederações Taça das Nações Africanas Taça de Portugal Taça do Rei Tecnologia Golo Ténis Tévez The Best Tondela Toni Top 10 Torneio Toulon Tottenham Totti tragédia futebol Transferências Treino Triplete Twitter U. Leiria UEFA UEFA Champions League União da Madeira Urreta V. Guimarães V. Setúbal Valdés Valência Valentim Loureiro Van Persie vídeo-árbitro Vídeos/Golos Villas-Boas Vitor Baia Vítor Pereira Walcott Wesley Sneijder Witsel Xavi Xistra Zenit S. Petersburgo Zidane