Benfica com elevados lucros financeiros

Luís Filipe Vieira está a ter um mês de Maio maravilhoso! Enquanto os rivais do norte encaixam prejuízos gigantes, não vendem ninguém para tentar vencer o campeonato e não vencem nem uma Taça da Liga; o SL Benfica vende jogadores a bom preço, apresenta lucros importantes e vence tudo o que havia para vencer desportivamente em Portugal.

Deixo então a notícia do Jornal O Jogo dos resultados financeiros do 3º trimestre de 2013/14 da SAD das águias:
«A SAD do Benfica registou lucros de 30,5 M€ no 3º trimestre de 2013/14, de acordo com o Relatório e Contas divulgado esta sexta-feira, o que representa um aumento de 52,6% face ao período homólogo de 2012/13.

Este balanço positivo está ligado às vendas, em Janeiro, de Nemanja Matic (25 M€), André Gomes (10.5 M€) e Rodrigo (22.8 M€).

Por seu turno, o passivo da SAD do Benfica desceu dos 440 M€ para os 423 M€. Foi, deste modo, reduzido em 17.1 M€. Em relação ao ativo consolidado da SAD, manteve-se inalterável e fixado em 416 M€.

Ainda no capítulo da negociação de jogadores, a SAD do Benfica indica que "os rendimentos e ganhos com transações de atletas ascenderam a 62,2 M€, o que representou um aumento de 27,3% face ao período homólogo, no qual se atingiram os 48,8 M€.»
Read More

Calma Jorge Jesus!

Com declarações destas começo a ficar com medo do princípio da próxima época... Foi das derrotas do ano passado que se construiram os sucessos deste ano, não esquecer o que aconteceu na última temporada em que entrávamos de barriga cheia.

"Acho que sou o melhor treinador do Mundo. Mas isso só vou poder justificar quando ganhar a Champions. Como nunca ganhei, para as pessoas nunca poderei ser o melhor. Mas para mim sou. Quem pode responder melhor são os meus antigos jogadores que hoje são treinadores em equipas por todo o Mundo" - Jorge Jesus
Read More

Alteração nos castigos no futebol

Ora aí está uma mudança que via com muito bons olhos. A UEFA está a ponderar uma alteração dos regulamentos que permita aos jogadores disputar as partidas das meias-finais sem cartões acumulados e, portanto, não correrem riscos de falhar a final devido a amarelos. 
As finais são momentos históricos do desporto rei e os melhores devem jogar! Então este ano foi um fartote de jogadores impedidos de aparecer nos palcos maiores da UEFA. E não me venham dizer que depois as meias finais iam ser só faltas e porrada, o futebol é um desporto duro e de contacto, sempre foi e sempre será.

Read More

Benfica: o party crasher do Estádio das Antas

A 28 de maio de 1952 o SL Benfica é o convidado da inauguração do Estádio das Antas e vence o FC Porto por 8-2. A comitiva do Clube partiu de Lisboa na manhã de 28 de maio em grande alegria, num comboio com a equipa principal e cerca de mil adeptos. À chegada à estação de Campanhã, colocaram um painel na cabeça da máquina dizendo: O Benfica saúda a laboriosa Cidade Invicta. Por outros caminhos seguiu uma caravana automobilística, com dezenas de viaturas, com galhardetes de ambos os clubes. O espírito presente era de respeito, amizade e desportivismo. O festival de inauguração incluiu uma parada atlética e um jogo entre o FC Porto e o SL Benfica, que terminou com a vitória dos “encarnados”, por 8-2. O Benfica conquistava, assim, a Taça General Craveiro Lopes, que pesava 18,5 Kg e custava 12 contos na altura.

Read More

Brasil é o grande favorito ao Mundial 2014

Quem o diz é a Goldman Sachs. Sim, a consultora americana lançou um documento onde faz as suas previsões tendo em conta o histórico dos duelos entre as seleções apuradas desde 1960, sem partidas amigáveis, e pelos golos somados nesse período de tempo.
De acordo com o estudo dedicado à Copa 2014, as hipóteses do país anfitrião ganhar o evento desportivo mais assistido deste ano são três vezes maiores do que a próxima equipa mais provável, a vizinha Argentina. "O país anfitrião tem uma probabilidade de 48% de ganhar o torneio da FIFA, seguido pela Argentina, com 14%, da Alemanha, com 11% e da Espanha com 10%".
Já Portugal, e apesar do talento exeptional de Cristiano Ronaldo, irá ficar-se pelos 4os de final.


Em 2010, o estudo da Goldman Sachs, previu que o Brasil também era o grande favorito mas deu logo de seguida a Espanha e a Holanda, equipas que chegaram à grande Final na África do Sul.
Read More

Ronaldo a caminho da 3ª Bola de Ouro

Depois de uma época quase perfeita, alguém irá a tempo de conseguir parar o português rumo à terceira Bola de Ouro da carreira?

Lembra-se daquela série em que um grupo de extraterrestres vem à Terra, o Terceiro Calhau a Contar do Sol, disfarçados de seres humanos, para ver como é a vida no planeta? Então prepare-se: 17 golos na Liga dos Campeões (um a cada 58,4 minutos), vencedor da Bola de Ouro e da Bota de Ouro, campeão europeu, 19 assistências, 61 golos no total das competições (incluindo selecção) em 2013/14. Ufff, os números são avassaladores! Isto é Cristiano Ronaldo. Estamos a falar de um ser humano? Sim, mas podia ser de uma das personagens ET da série televisiva.

Com tudo isto, apesar de ainda não estarmos a meio do ano, CR7 surge destacado na pole position para a Bola de Ouro 2014. É certo que os acontecimentos no Mundial do Brasil, onde Portugal terá poucas hipóteses de ser campeão, terão a sua influência nas escolhas dos votantes - seleccionadores, capitães e jornalistas de todo o planeta. Mas só Messi ou Ribèry a levarem as suas selecções às costas a um título mundial poderiam ameaçar Ronaldo em nova conquista da Bola de Ouro. Também seria necessário que o avançado português passasse ao lado da maior competição futebolística, o que não é de esperar tendo em conta o seu rendimento esta época e o que fez nos decisivos jogos da fase de qualificação.

Ronaldo atravessa uma das melhores fases da carreira, o que lhe pode valer a aproximação a Lionel Messi em bolas de ouro: o argentino tem quatro. A estrela do Barcelona vive o ano mais apagado de que há memória e mesmo um reaparecimento em grande nos relvados brasileiros poderia ser insuficiente para evitar o terceiro troféu de melhor jogador do mundo para CR7. Habitualmente o atleta escolhido venceu um ou mais troféus no ano correspondente. Messi tem zero títulos em 2014 e, até Dezembro, só poderá mesmo conquistar o Mundial. Ronaldo já venceu a Liga dos Campeões, ainda por cima sendo o melhor marcador, e a Taça do Rei.

"REI"-NALDO
O jogador português conseguiu assim imitar Luís Figo, que também pelo Real Madrid conseguira vencer a Bola de Ouro (2001) e ser campeão europeu no ano seguinte (2002). O extremo foi o segundo português a conseguir a distinção de melhor do mundo para a FIFA, depois de Eusébio em 1965. O Pantera Negra podia tervencido no ano seguinte, mas um episódio curioso impediu-o de ficar com o troféu (como o próprio contou numa entrevista ao i em Dezembro de 2010): "E o voto foi de um jornalista português, o Couto e Santos, do Mundo Desportivo. Ele votou no Bobby Charlton em primeiro lugar, eu em segundo. O Charlton acabou com 81 pontos, eu com 80. Se ele votasse em mim, seria o contrário: eu 81, o Charlton 80". Assim, Ronaldo já ultrapassara Eusébio e Figo em 2013, e se o seu nome voltar a ser escolhido este ano poderá colocar a fasquia num patamar que dificilmente algum futebolista português ultrapassará: três Bolas de Ouro FIFA.

CORRER É COM ELE
Pode-se dizer que só faltou a CR7 liderar o Real Madrid à conquista do campeonato espanhol. Mesmo assim o avançado merengue foi o pichichi com 31 golos (média de um a cada 82 minutos), à frente de Messi (28) e Diego Costa (27) - apesar de tudo, os registos das últimas três épocas tinham sido melhores (34, 46 e 40). Os 31 golos na liga permitiram-lhe vencer a Bota de Ouro para o melhor marcador europeu ax-aequo com Luis Suárez do Liverpool, que apontou o mesmo número de tentos na Premier League.

Nem a milionária contratação de Gareth Bale retirou protagonismo ao 7 que o Real Madrid contratou ao United em 2009 por 100 milhões de euros. A importância de Ronaldo na conquista da Décima, uma verdadeira obsessão em Madrid, deverá valer-lhe para sempre um lugar especial no coração dos adeptos blancos. Além dos 17 golos, foi o que mais remates fez à baliza (47) em toda a prova e o jogador do Real Madrid que mais correu durante a competição (110,7 km), afastando o mito de que por vezes não defende por ser vedeta.

Aos 29 anos Ronaldo parece no auge do seu jogo. Jogou debilitado na final da Champions, em Lisboa, mas carrega todo o peso das esperanças de Paulo Bento e todo um país no Mundial-2014. Se conseguir destacar-se como o melhor jogador da competição, mesmo que Portugal não a vença, terá praticamente decidido a Bola de Ouro em Julho. É de loucos.

Read More

Jesus ganhou mais que nas 15 épocas anteriores

Claro que é para ficar!
Com a conquista do histórico "triplete" doméstico, composto por Campeonato Nacional, Taça de Portugal e Taça da Liga,Jorge Jesus elevou as suas conquistas no Benfica para sete, sendo que o técnico de 59 anos, desde 2009/10, já conquistou duas Ligas (2009/10 e 2013/14), quatro Taças da Liga (2009/10, 2010/11, 2011/12 e 2013/14) e uma Taça de Portugal (2013/14).

Ora, esses títulos conquistados em cinco temporadas como timoneiro do Benfica já superam os obtidos pelos encarnados nas 15 temporadas anteriores, uma vez que o jornal "Record" lembra que, entre 1994/95 e 2008/09, as águias apenas somaram cinco títulos, mais concretamente um Campeonato Nacional (2004/05), duas Taças de Portugal (1995/96 e 2003/04), uma Taça da Liga (2008/09) e uma Supertaça (2005/06). Curioso, também, é referir que passaram 16 treinadores pelo Benfica nesse período...

É preciso recuar aos anos 80 para encontrar melhor

Para encontrar um melhor ciclo de títulos nos encarnados é preciso recuar até aos anos 80, mais concretamente entre 1982/83 e 1986/87, quando o Benfica venceu oito troféus, mais concretamente três Campeonatos Nacionais (1982/83, 1983/84 e 1986/87), quatro Taças de Portugal (1982/83, 1984/85, 1985/86 e 1986/87) e uma Supertaça (1985/86).

Nessa altura, contudo, e tal como lembra o mesmo jornal desportivo, foram três os treinadores que assinaram essas conquistas, mais concretamente o sueco, Sven-Goran Eriksson, o húngaro, Pal Csernai, e o inglês, John Mortimore.
Read More

O ano do capitão Luisão

Luisão, capitão do SL Benfica, é hoje capa de jornal em quase todos os desportivos de Portugal. Ainda não li as declarações mas pelo que consegui perceber defende, como é óbvio, a continuação de Jorge Jesus no emblema lisboeta. 
Aproveito o central estar na ordem do dia para fazer um post, que já queria fazer há algum tempo, de reconhecimento da grande temporada que Luisão fez em 2013/14. O brasileiro é um dos grandes vencedores desta época que agora termina e os 3 canecos que levantou têm muito da sua mão na obra alcançada. Liderança dentro do campo, sendo fundamental em toda a movimentação defensiva encarnada (a tão elogiada e bem coordenada linha de fora de jogo passa muito pela cópia que os outros defesas fazem da posição do gigante defesa), e liderança fora de campo na união que este grupo de trabalho mostrou desde muito cedo e que foi um dos segredos do sucesso do Benfica.


Read More

Como no te voy querer

La Décima! Os Reis da Europa! O Real Madrid é o clube com mais sucesso na história do futebol!



Read More

La Décima

O Real Madrid é o novo campeão Europeu tendo vencido a Liga dos Campeões ao Atlético de Madrid no prolongamento por 4-1! Uma final épica, daquelas que ficam para sempre na história do desporto rei, com o Estádio da Luz a ser palco de um capítulo de ouro da história do mítico emblema blanco da capital espanhola. São, finalmente, 10 taças de campeão europeu no museu do emblema do Real Madrid, uma obsessão antiga que agora se tornou realidade.
Muitos destaques individuais, Ancelotti torna-se apenas o 2º treinador de sempre a conquistar 3 taças de Campeão da Europa, Cristiano Ronaldo a fechar com 17 golos esta sua incrível campanha nesta edição da Liga dos Campeões, Sergio Ramos a brilhar no último minuto dos descontos (uma das fotos da temporada), Bale a completar a remontada, e Fábio Coentrão e Di Maria, o melhor em campo, a levantarem o maior troféu de clubes do mundo na Luz.


Read More

Jorge Jesus envia chapada de luva branca

Em entrevista ao Sol: «A minha ideia é continuar no Benfica, seguramente. Mas sei lá... Não há muito que me possa acontecer. O Barcelona e o Real Madrid já têm treinador. O meu clube de sonho é o Benfica. Se sair do Benfica não posso ir para qualquer clube. O Benfica é de top. Vou sair para onde? Para o Valência? Nada disso, isso esqueça»

É evidente que se um Barcelona, Real Madrid, Manchester United, Chelsea, Manchester City, AC Milan, Juventus, Bayern Munique, PSG, Atlético de Madrid, ou um outro gigante europeu se chegar à frente JJ vai embora. Mas como quase todos eles estão bem servidos de treinador ele ficará no Benfica. Lógico, simples e só não entende quem não tem mais nada para fazer.

Read More

Luz, capital do planeta futebol

10 anos depois do Euro 2004 Lisboa volta Lisboa a ser o centro do Planeta Futebol! Hoje, pelas 19h45, Real Madrid e Atlético Madrid vão começar a decidir a Final da Liga dos Campeões no Estádio da Luz. É o encerrar da temporada europeia e, como sempre, o ponto mais alto de uma época com o consagrar do novo campeão Europeu! Grandes equipas, grandes jogadores lançados na arena onde as lendas são construídas!

Read More

O dossier mais urgente chama-se Siqueira

Na minha opinião não comprar o lateral esquerdo será um erro monumental! Vale cada euro investido. Siqueira é mesmo para ficar sff.


Read More

Deixa-os falar...

Ninguém pode dizer que não é verdade! Foi no espírito de equipa que o Benfica venceu os seus adversários! Jesus sempre disse que o grupo tinha percebido que só tinham de trabalhar tanto como tinham feito na temporada anterior que o azar não ia surgir outra vez. Só espero que para o ano entrem como se tivessem perdido tudo também este ano!

Read More

Leonardo Jardim sai do Sporting

O presidente do Sporting confirmou a saída de Leonardo Jardim do comando técnico da equipa. Bruno de Carvalho disse que o clube e o técnico já chegaram a acordo para a rescisão do contrato.

O presidente do Sporting confirmou a saída de Leonardo Jardim do comando técnico da equipa, uma saída que vai render 3 milhões de € aos cofres leoninos.

Bruno de Carvalho indicou ainda que o clube e o técnico já chegaram a acordo para a rescisão do contrato que tinha começado há uma época.
Read More

Fim de festa em beleza

Grande final de festa deste Benfica 2013/14. A recepção que a Câmara de Lisboa ofereceu ao vitorioso SLB foi espectacular! Era bom ser assim todos os anos!






Read More

Tripleta vermelha!

Um ano vintage este Benfica 2013/14. Algo nunca visto neste nosso Portugal com um clube a vencer 3 competições nacionais com múltiplos jogos e a completar a primeira tripleta em solo lusitano. Ontem foi a vez da Taça de Portugal se juntar à Taça da Liga e ao campeonato nacional num clima de autêntica euforia no Jamor. Um golo do argentino Nicolas Gaitan, aos 20 minutos, deu a 25.ª Taça de Portugal aos encarnados, que conquistaram a dobradinha pela 10.ª vez, algo que não acontecia desde 1987.


Read More

Espanha coroa campeão épico e histórico!

O Atlético de Madrid é o novo campeão espanhol! Uma frase que poderia valer insultos no princípio da época mas que se torna realidade num dos maiores contos de fadas do futebol moderno. Inacreditável o que a equipa de Diego Simeone conseguiu fazer depois de anos de esmagador domínio de Barcelona e Real Madrid que ninguém adivinhava com os dias contados em tão pouco tempo. Pensar neste feito com o Atlético concentrado apenas na Liga era difícil com a equipa também na Final da Liga dos Campeões está para além dos adjectivos. Esta equipa é o expoente máximo do que a raça no desporto e no futebol podem fazer: uma verdadeira equipa, 11 guerreiros e um treinador que faz história na forma como constrói uma armada de espartanos! 18 anos depois os colchoneros são os reis de Espanha pela 10ª vez!


Como é óbvio honra aos vencedores em 1º lugar mas o que Camp Nou fez depois do apito final, com uma salva de palmas de pé aos novos campeões, foi arrepiante. Quanto à final que foi esta última jornada que opunha Barcelona e Atlético Madrid os colchoneros mostraram a justiça do seu título e apenas a espaços não esteve por cima da partida, com uma entrada assustadora na 2ª parte para virar o marcador. Lá está a mão do treinador a mudar os acontecimentos na palestra do intervalo.
Read More

Resultados combinados em Portugal

Pelo menos 150 árbitros portugueses dizem conhecer casos de ofertas de serviços de prostituição para que o resultado de um jogo fosse manipulado, de acordo com um estudo apresentado nesta 5ª feira.

Ao inquérito, elaborado pela Transparência Internacional – Associação Cívica (TIAC) e pelo Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES-IUL), responderam 307 árbitros sob anonimato, de um total de 1185 registados na Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF). O presidente da associação, José Gomes, desvalorizou as conclusões, dizendo ao PÚBLICO tratar-se de “um ouvir falar por causa dos processos mediáticos”, e garantiu que os árbitros das 2 principais categorias não responderam ao inquérito.

Os próprios autores do estudo alertam que os dados não tratam de “informações factuais, mas sim de percepções”. “Em Portugal, os grupos profissionais não estão habituados a fazer inquéritos deste tipo”, notou o presidente da TIAC, Luís de Sousa, que disse tratar-se de “campos extremamente sensíveis”.
Read More

As ausências de Turim

Durante muitos anos vai-se falar do que se passou ontem em Turim e da 8ª final da UEFA perdida pelo Benfica de forma consecutiva. Para além da enorme tristeza, que não me permitiu escrever nada na noite de ontem, ficou-me uma certeza das dezenas de conversas que tive depois do jogo, procurando eventuais culpados. Este Benfica com o seu 11 na máxima força teria vencido este Sevilha. Assim, para mim, ficará para sempre como a Final das ausências!




Read More

Todos os números sobre a Final de Turim

A tentativa de conquista do troféu da UEFA Europa League termina em Turim, onde o Sevilha, duas vezes vencedor da Taça UEFA, defronta o duplo campeão europeu Benfica. 

O Sevilla FC procura erguer o troféu pela 3ª vez na final da UEFA Europa League de 2013/14, enquanto o Benfica tenta colocar fim à série de 7 derrotas consecutivas em finais de provas da UEFA, entre as quais a averbada na edição anterior da prova.

Encontros anteriores
• O único embate entre as 2 equipas nas competições europeias aconteceu na ronda preliminar da Taça dos Clubes Campeões Europeus de 1957/58; naquele que foi o 1º jogo europeu de ambas as equipas, o Sevilha, orientado por Satur Grech, começou por receber e vencer por 3-1 o Benfica, treinado por Otto Glória, antes de carimbar o apuramento com empate 0-0 em Lisboa.
• Em Sevilha, a 19 de Setembro de 1957, as equipas foram as seguintes:
Sevilha: Busto, Romero, Campanal, Valero, Ramoní, Herrera, Iborra, Arza, Pepillo, Pepin, Pahuet.
Benfica: Bastos, Ângelo, Calado, Pegado, Serra, Alfredo Abrantes, Palmeiro, Coluna, Águas, Caiado, Cavém.
• Vicente Pahuet, autor do golo inaugural da partida da 1ª mão, recordou: "Naquela altura, quando os jogos terminavam era comum as equipas irem comer juntas. Foi um dia fantástico. Não sou um homem bonito, mas os directores do clube vieram ter comigo e disseram, 'Pahuet, tu és lindo'".
• Na 2ª mão, a 26 de Setembro, numa partida em que o GR do Sevilha, José Maria Busto, brilhou a grande altura, José Martins (Zezinho), substituiu Caiado na formação do Benfica, ao passo que o Sevilha fez alinhar Manuel Ruiz Sosa, Arsenio Iglesias e Lorenzo Martínez nos lugares de Ramoní, Arza e Pepillo.
• O Sevilha derrotou depois o AGF Arhus na primeira eliminatória, mas viu-se afastado pelo Real Madrid CF nos 4os final, ao perder por 8-0 na capital espanhola antes de empatar 2-2 na Andaluzia.
• Em alusão ao encontro de estreia do Sevilha nas competições europeias, frente ao Benfica, na fachada do Estádio Ramon Sánchez-Pizjuán encontra-se um azulejo com o emblema das "águias".

• O Sevilha disputou 16 jogos frente a equipas de Portugal nas competições da UEFA, quatro dos quais n presente temporada; venceu por 2-1 fora e empatou 1-1 em casa diante do Estoril Praia na fase de grupos e depois eliminou o FC Porto nos 4os final: perdeu por 1-0 fora antes de triunfar por 4-1 em Espanha. No total, o seu registo nesses 16 encontros é de 8V 3E 5D.
• O Benfica realizou 22 encontros frente a equipas de Espanha na Europa e tem 5V 7E 10D. O conjunto de Lisboa não venceu nos últimos 14 jogos contra equipas espanholas (6E 8D), desde que bateu o Real Betis Balompié, por 2-1, em Sevilha, a 29 de Setembro de 1982. Contudo, as suas duas únicas vitórias em finais europeias aconteceram ante adversários daquele país.
• Este é o primeiro jogo oficial do Sevilha em Turim, mas o Benfica defrontou a Juventus em todos os três recintos já ocupados pela equipa italiana: venceu por 1-0 no Stadio Olimpico nas meias-finais da Taça dos Campeões de 1967/68, perdeu por 3-0 no Stadio Delle Alpi nos quartos-de-final da Taça UEFA de 1992/93 e afastou os anfitriões da final desta temporada com um empate 0-0, no Estádio da Juventus, nas meias-finais da presente edição da UEFA Europa League.

Presença em finais
• A nível de troféus europeus, ambas as equipas somam dois cada; porém, o Benfica sofreu sete derrotas em finais da UEFA desde que ergueu pela segunda vez a Taça dos Campeões, em 1962, enquanto o Sevilha ostenta registo 100 por cento vitorioso em finais europeias até à data.
• As anteriores finais europeias do Benfica terminaram com os seguintes resultados:
1-2 frente ao Chelsea FC, UEFA Europa League, 2012/13
0-1 frente ao AC Milan, Taça dos Campeões Europeus, 1989/90
0-0 após prolongamento (5-6 no desempate por grandes penalidades) frente ao PSV Eindhoven, Taça dos Campeões, 1987/88
1-2 (no conjunto das duas mãos) frente ao RSC Anderlecht, Taça UEFA, 1982/83
1-4 (após prolongamento) frente ao Manchester United FC, Taça dos Campeões, 1967/68
0-1 frente ao FC Internazionale Milano, Taça dos Campeões, 1964/65
1-2 frente ao AC Milan, Taça dos Campeões, 1962/63
5-3 frente ao Real Madrid CF, Taça dos Campeões, 1961/62
3-2 frente ao FC Barcelona, Taça dos Campeões, 1960/61

• As duas únicas anteriores finais da UEFA disputadas pelo Sevilha tiveram os seguintes desfechos:
2-2 após prolongamento (3-1 no desempate por grandes penalidades) frente ao RCD Espanyol, Taça UEFA, 2006/07
4-0 frente ao Middlesbrough FC, Taça UEFA, 2005/06.

• O Benfica nunca conquistou a Taça UEFA ou a Liga Europa, mas foi finalista vencido em ambas as denominações da competição: diante do Anderlecht, numa final a duas mãos, em 1982/83, e frente ao Chelsea FC, em Amesterdão, na época passada.
• As "águias" atingiram os 4os final da Liga Europa em 2009/10, as meias-finais em 2010/11 e – após uma temporada de ausência da competição – a final em 2012/13 e em 2013/14.
• As duas vitórias do Benfica em finais da Taça dos Campeões constituem as únicas ocasiões em que, no passado, clubes portugueses e espanhóis mediram forças na decisão de provas da UEFA.
• O Benfica chegou igualmente ao jogo decisivo da edição inaugural da UEFA Youth League, na presente temporada, o qual perdeu contra o FC Barcelona, em Nyon.

Finais em Turim
• O novo Estádio da Juventus vai albergar uma final da UEFA pela primeira vez. Esta é a sexta ocasião em que uma final da UEFA – ou pelo menos parte dela – tem lugar em Turim, onde a Juventus e o vizinho Torino FC disputaram finais a duas mãos da Taça UEFA, enquanto a SuperTaça Europeia de 1984 foi decidida num só jogo na cidade.
• As anteriores finais jogadas em Turim foram:
1992/93, Taça UEFA (segunda mão): Juventus 3-0 Borussia Dortmund (total: 6-1)
1991/92, Taça UEFA (primeira mão): Torino FC 2-2 AFC Ajax (total: 2-2, vitória do Ajax devido aos golos fora)
1989/90, Taça UEFA (primeira mão): Juventus 3-1 ACF Fiorentina (total: 3-1)
1984, SuperTaça Europeia: Juventus 2-0 Liverpool FC
1976/77, Taça UEFA: (primeira mão): Juventus 1-0 Athletic Club (total: 2-2, vitória da Juventus devido aos golos fora)

Factos das equipas
• Lisboa situa-se a cerca de 310 Km de Sevilha. A viagem do Sevilha para Turim andará pelos 1400 Km, enquanto a do Benfica será um pouco mais longa: aproximadamente 1550 Km.
• O Benfica é a primeira equipa a atingir uma final da Liga Europa sem perder qualquer jogo. Desde que chegou à prova, proveniente da fase de grupos da Champions, a formação portuguesa somou 6 vitórias e 2 empates em 8 jogos.
• O Sevilha entrou em cena na presente edição da prova na terceira pré-eliminatória e a final será o seu 19º jogo da época na competição. É a terceira equipa a seguir tal percurso, depois do Fulham, finalista vencido em 2009/10, e do Club Atlético de Madrid, vencedor em 2011/12.
• O Benfica tenta tornar-se no terceiro vencedor da Liga Europa em cinco edições após transitar a meio da temporada da Liga dos Campeões, depois de Atlético (2009/10) e Chelsea FC (2012/13).
• O Sevilha procura erguer o troféu da Taça UEFA/UEFA Europa League pela terceira vez. Só outras três equipas conseguiram tal feito até à data: Juventus (1976/77, 1989/90, 1992/93), Inter (1990/91, 1993/94, 1997/98) e Liverpool (1972/73, 1975/76, 2000/01).
• O Sevilha qualificou-se para a final precisamente nove meses depois de disputar o primeiro jogo na presente temporada da prova: num triunfo sobre o Mladost Podgorica na 3ª pré-eliminatória.
• O Estádio do Sport Lisboa e Benfica poderá, durante breve período, vir a ter em simultâneo os troféus da Liga dos Campeões e da Liga Europa, caso o Benfica leve a melhor em Turim, dado que a final da Champions League será disputada no seu recinto a 24 de Maio.
• O Benfica é a equipa com mais golos marcados na história da Europa League, com 68 apontados em 37 jogos.
• O Benfica garantiu o título português a 20 de Abril e, a 7 de Maio, bateu o Rio Ave na final da Taça da Liga. O mesmo adversário encontrará na final da Taça de Portugal, a 18 de Maio. A excelente época do Benfica, campeão e com presenças também nas finais das duas principais competições a eliminar de Portugal, levará a que a equipa termine a temporada com 57 jogos oficiais disputados, novo recorde no clube.
• O Benfica é o quarto clube de Portugal na final da Europa League, ao passo que o Sevilha é igualmente o quarto espanhol. Só mais um país, a Inglaterra, esteve envolvido em finais da competição, quando o Fulham saiu derrotado do jogo decisivo de 2009/10 e o Chelsea ergueu o troféu em 2012/13 frente aos "encarnados".

Factos dos jogadores
• Com cinco golos, Kevin Gameiro é o melhor marcador do Sevilha na Europa nesta temporada; Lima é o principal goleador do Benfica na UEFA Europa League, com quatro remates certeiros, tendo ainda obtido mais um na fase de grupos da UEFA Champions League.
• Óscar Cardozo, do Benfica, marcou mais golos nas competições europeias do que qualquer outro dos jogadores que vão estar nesta final da UEFA Europa League: 33 em 75 jogos.
• Luisão e Lazar Marković – suspenso na final – são os únicos jogadores que estiveram nos oito encontros disputados pelo Benfica na presente edição da UEFA Europa League. Com 107 jogos nas competições de clubes da UEFA, o defesa-central brasileiro Luisão é o mais experiente de entre os presentes em Turim.
• Ivan Rakitić disputou mais encontros do que qualquer outro jogador do Sevilha desde o início da fase de grupos da UEFA Europa League, 13 no total, mais um do que Carlos Bacca e Vitolo.
• Nicolás Gaitán chegará aos 50 jogos nas competições europeias se alinhar na final.
• O médio chileno Bryan Rabello, do Sevilha, completa 20 anos de idade dois dias após a final.
• Lima fez parte da equipa do SC Braga que bateu o Sevilha no "play-off" de acesso à UEFA Champions League de 2010/11 e assinou mesmo um "hat-trick" na vitória fora, por 4-3, na segunda mão. Artur e Sílvio, actualmente no Benfica, também alinhavam pelo Braga nessa altura: o guarda-redes foi suplente em ambas as mãos, enquanto o versátil lateral esteve em campo em ambas as partidas. Federico Fazio jogou em ambos os encontros pelo Sevilha, ao passo que Javi Varas foi suplente não utilizado.
• O golo de Stéphane Mbia na segunda mão das meias-finais foi o seu quarto em seis jogos; o médio precisou de 120 jogos para apontar os anteriores quatro.
• No Sevilha por empréstimo desde o início da temporada, Marko Marin integrou a equipa do Chelsea FC que atingiu a final da UEFA Europa League na época passada, embora não tenha alinhado no triunfo sobre o Benfica, no jogo decisivo, em Amesterdão.
• Lima e Artur participaram em duas derrotas em finais da UEFA Europa League: ao serviço do Braga, em 2010/11, e com a camisola do Benfica, na temporada transacta.
• Eduardo Salvio, do Benfica, igualmente castigado na final, tem 40 jogos disputados na UEFA Europa League, número recorde. Foi suplente utilizado nos triunfos do Atlético nas finais de 2010 e 2012, antes de experimentar o sabor da derrota em 2012/13 pelo Benfica. Poderá tornar-se no primeiro jogador a vencer por três vezes a competição.
• Salvio marcou pelo Atlético frente ao Sevilha, pelo qual actuaram Rakitić, José Antonio Reyes e Fazio, no empate fora 1-1 em 2011/12 na Liga espanhola.
• Cinco jogadores do Benfica já actuaram na Liga espanhola: Salvio (Atlético 2010–12), Rodrigo (Real Madrid CF 2009/10), Ezequiel Garay (Real Racing Club 2005–08 e 2008/09, Real Madrid CF 2008–11), Guilherme Siqueira (Granada CF 2010–13) e o lesionado Sílvio (Atletico 2010–13 e Deportivo La Coruña 2013).
• Reyes, avançado do Sevilha, jogou no Benfica por empréstimo em 2008/09 e actuou ao lado de Salvio e Sílvio no Atlético.
• Garay marcou, de cabeça e na sequência de canto, o golo do Racing Club numa derrota por 4-1 frente ao Sevilha na Liga espanhola em 2007/08, antes de ser expulso por acumulação de amarelos.
• O Sevilha conta no plantel com três jogadores portugueses: o guarda-redes Beto (Sporting Clube de Portugal 2001–04, GD Chaves 2004/05, FC Marco 2005/06, Leixões SC 2006–09, FC Porto 2009–12 e SC Braga 2012/13, o lateral Diogo Figueiras (Pinhalnovense FC 2010/11, FC Paços de Ferreira 2011–13 e Moreirense FC 2012) e o também defesa-central Carriço (Sporting 2007–12 e SC Olhanense 2007).
• Figueiras jogou nas camadas jovens do Benfica, mas nunca chegou à equipa principal e rumou ao Pinhalnovense em 2010.
• Beto, do Sevilha, e Lima e Rúben Amorim, do Benfica, foram colegas de equipa no Braga em 2012/13, embora Lima tenha rumado ao clube de Lisboa pouco depois do arranque dessa temporada.
• Jan Oblak, guarda-redes do Benfica, poderá tornar-se no primeiro jogador da Eslovénia a marcar presença numa final da UEFA Europa League e no primeiro jogador do país a alinhar numa final da UEFA desde que Zlatko Zahovič saiu derrotado da final da UEFA Champions League 2000/01 pelo Valencia CF. Srečko Katanec foi o último jogador esloveno a conquistar uma competição da UEFA ao erguer a Taça dos Vencedores das Taças pela UC Sampdoria em 1990.
• Rodrigo, do Benfica, e Alberto Moreno, do Sevilha, conquistaram ao serviço de Espanha o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2013.

Treinadores
• Técnico do Sevilha desde Janeiro de 2013, Unai Emery começou a jogar como médio na Real Sociedad de Fútbol, mas passou a maior parte da carreira na segunda divisão de Espanha, tendo dado os primeiros passos como treinador no Lorca Deportiva CF, após sofrer uma grave lesão num joelho. Conduziu o UD Almería ao escalão principal e treinou o Valencia CF de 2008 a 2012, com o qual participou habitualmente nas competições europeias. Mais recentemente teve uma breve passagem pelo comando do FC Spartak Moskva.
• Emery guiou o Valência a dois triunfos portugueses sobre outra equipa portuguesa, o CS Marítimo, nos seus dois primeiros jogos como treinador nas competições europeias, na Taça UEFA de 2008/09.

• Ao leme do Spartak defrontou o Benfica de Jorge Jesus na fase de grupos de 2012/13; o Spartak venceu por 2-1 em Moscovo, mas perdeu por 2-0 em Lisboa. Lima marcou pelo Benfica na primeira volta, com Óscar Cardozo a bisar no encontro da segunda volta. Nicolas Pareja – actualmente no Sevilha por empréstimo do Spartak – alinhou nesses dois encontros.
• Jesus, treinador do Benfica, seguiu as pisadas do seu pai, Virgolino Jesus, quando, ainda jovem, assinou contrato pelo Sporting Clube de Portugal, alinhando como médio em vários clubes antes de começar a carreira de treinador. Liderou diversas equipas antes de, em Junho de 2009, assumir o comando técnico do Benfica, depois de levar o SC Braga aos oitavos-de-final da Taça UEFA de 2008/09. Conduziu o Benfica a duas finais consecutivas da UEFA Europa League e venceu o seu segundo título português com o Benfica esta temporada, para além da quarta Taça da Liga em cinco tentativas
 Repetiu a presença na final este ano, em que conquistou pela segunda vez o título e ganhou a quarta Taça da Liga em cinco anos no Benfica. Pode ainda juntar-lhes a sua primeira Taça de Portugal quatro dias após o jogo de Turim.
• A final de Turim será o 50º jogo de Jesus como treinador na Taça UEFA/UEFA Europa League.
• Jesus é o primeiro treinador do Benfica desde Béla Guttmann – que conduziu o clube aos triunfos na Taça dos Campeões de 1961 e 1962 – a guiar o Benfica a duas finais europeias consecutivas.

Fonte: Uefa.com
Read More

Relatório Sevilha


Organização Ofensiva
- Equipa organizada em 4x3x3 ou 4x2x3x1. Esquema inconsistente do ponto de vista da rigidez posicional mas com bons resultados. Grande espírito e muito abnegados. Vocação ofensiva, bastante verticais e objectivos. Construção de jogo rápida e intensa, procuram apoios frontais e combinações directas em ritmo alto. Intensidade constante. Muito eficientes na zona de decisão. Se tiverem espaço para decidir são letais.

- 1ª fase de construção é lenta mas segura. Centrais circulam a bola procurando situações para explorar jogo vertical em Bacca ou Vitolo. Um dos interiores (normalmente o que joga com Mbia) equilibra a zona defensiva, subindo um dos laterais para a zona onde a bola é batida (procuram estar em vantagem numérica para a 2ª bola). Objectivo é chegar rápido ao meio-campo adversário e aí tentar combinações para explorar movimentos interiores dos extremos.

- 2ª fase de construção não apresenta qualquer tipo de padrão. Modelo de jogo com os extremos constantemente por dentro e com liberdade. Procuram através desses movimentos superioridades numéricas pelo corredor central. Apenas laterais são garantia de largura no jogo mas são utilizados apenas como suporte (se jogar Alberto pode ser mais perigoso em progressão).

- Pelo modelo de jogo que apresentam, um dos interiores (normalmente Mbia) incorpora-se em penetrações pelo corredor central. Rakitic não tem posição fixa, procura jogar livre, explorando espaços para poder decidir último passe (faz muitos movimentos de dentro para fora procurando espaço deixado pelos extremos).

- Fazem um jogo de paciência na 1ª fase mas que altura completamente na 3ª fase onde tentam acelerar e explorar movimentos de Bacca. O colombiano é muito chato e procura sempre movimentar-se oferecendo linhas para progressão aos três que o apoiam ou movimenta-se no sentido de receber em ruptura nas costas dos centrais (muito perigosos nesta situação!).

- Equipa que não primazia profundidade pelos corredores laterais. Tenta sempre oferecer opções para jogar por dentro em progressões ou combinações directas. Situações de cruzamentos a partir dos corredores laterais muito pouco frequentes.

- Jogo muito vertical na 1ª fase de construção. Raramente arriscam e preferem sempre adoptar uma postura de segurança. Exploram jogo directo em Bacca ou na tentativa de um apoio frontal de Rakitic.

- Muita liberdade dada aos extremos e a Rakitic que posicionam-se um pouco por toda a frente de ataque procurando jogo rápido, intenso e imprevisível de combinações directas. Bacca fortíssimo neste aspecto pela inteligência posicional e Rakitic pela qualidade na decisão e no passe.

Transição ofensiva
- Muito rápidos e objectivos. Procuram imediatamente explorar Bacca em profundidade. Quando não conseguem, entram em posse e jogo de paciência, embora invariavelmente procurem acelerar o jogo rapidamente.

- Movimentos dos extremos sempre a procurar receber e acelerar para o corredor central tendo como referências Bacca e Rakitic que oferecem linhas de passe. Tentam criar situação de 3x3 ou 3x2 pelo corredor central com progressão de um dos extremos.

- Reyes e Vitolo sempre por dentro, Marin também. Navarro dá muito pouco apoio neste tipo de situações e tem muita dificuldade em recuperar (Alberto é muito mais forte). Figueiras também mais forte que Coke aqui.

- Muito perigosos neste momento do jogo. Bacca pela capacidade de movimentar-se e acelerar se tiver espaço nas costas. Rakitic pela decisão. Reyes e Vitolo ou Marin pela qualidade a jogar por dentro e mecanização de combinações com Bacca. Muita mobilidade.

Organização Defensiva
- Equipa organizada em 4x2x3x1 ou 4x1x3x2. Bloco médio. Vocação ofensiva e mobilidade dos 4 jogadores mais ofensivos deixa-os muito desprotegidos posicionalmente e é usual terem vários jogadores fora de posição. Procuram pressionar rápido e retirar tempo ao portador mas de forma pouco controlada e equilibrada. Muitos problemas. Tanto pressionam procurando abafar como temporizam e entram em contenção. Pouco critério.

- Numa primeira fase Rakitic baixa evitando entradas por dentro de passes. Quando a equipa se equilibra sai de posição e junta-se a Bacca para pressionar. Extremos fecham completamente por dentro, como interiores, ao lado de Mbia e Carriço. O português quando isto acontece posiciona-se quase como 3º central ou directamente na posição 6.

- Equipa muito forte a fechar espaços no corredor central, obrigando o adversário a tentar entrar sempre por fora. Muito consistentes aqui, embora hajam desconcentrações e saídas de posição de jogadores para pressionar sem ter complementaridade colectiva. Alguns problemas aqui.

- Muito espaço concedido nos corredores laterais e nas costas dos seus defesas laterais. Importante para quebrar oferecer linhas de passe constantes ao jogador do corredor lateral para garantir situações de 2x1 porque alguém acaba por ter de sair ao portador da bola.

- Muitas dificuldades dos defesas laterais em bolas aéreas, sobretudo em cruzamentos ao 2º poste. Sobretudo Diogo Figueiras é muito hesitante e erra frequentemente aqui. Demora muito a fechar e tem dificuldade em fazê-lo (marca mal, normalmente sempre perto do homem - dá espaço no corredor central). Navarro o melhor dos defesas laterais a defender.

- Dupla de centrais altamente consistente. Fazio raramente perde um lance pelo ar, muito agressivo e forte fisicamente, joga bem em antecipação. Pareja mais forte posicionalmente, mais móvel e mais forte nas dobras.

Transição defensiva
- Equipa partida e inconsistente. Se jogar Navarro, explorar muito, é fraco e tem muita dificuldade em recuperar o seu espaço. Laterais com vocação ofensiva e extremos muito por dentro abrem muito espaço nos corredores para saídas rápidas.

- Muito agressivos e impetuosos na tentativa de evitar contra-ataque do adversário. Demoram a posicionar-se e acabam por correr muito atrás do portador tentando retirar-lhe tempo e espaço para decidir.

- São altamente inconsistentes aqui. Se houver saídas rápidas pelos corredores laterais com linhas de passe oferecidas pelos avançados em ruptura podem ter muitos problemas. Tentar tirar o jogo da zona de pressão, pois procuram fechar todos os caminhos para não serem apanhados em inferioridades numéricas.

- Bacca e Rakitic praticamente não defendem. Vitolo e Reyes muito disponíveis para auxiliar defensivamente mas sempre sem grande critério posicional.

Bolas paradas a favor
- Padrão total. Todos os lances são para Fazio. Rakitic marca cantos e livres de qualquer zona do campo. Têm uma particularidade. Procuram colocar sempre algum jogador a fazer bloqueio, de forma a evitar acompanhamento do marcador directo de Fazio. Normalmente são bem sucedidos e consegue aparecer em boa situação para finalizar.

- Cantos e livres laterais sempre batidos para a marca de penalty onde Fazio aparece vindo de trás para tentar cabecear. Mbia também forte neste aspecto mas a referência é o argentino.

- Rakitic muita qualidade de execução. Evitar faltas em zonas próximas da área.

Bolas paradas contra
- Marcação H-H em quase todas as situações. Bastante agressivos neste tipo de situações (tentar explorar eventuais agarrões).

- Cantos contra, deixam um homem no 1º poste e outro na linha da pequena área, no seu primeiro terço em relação ao lado onde a bola é batida. Os outros marcam individualmente.

- Livres frontais colocam 5 ou 6 homens na barreira e saltam sempre (pode-se explorar).

Notas a destacar
- Muita qualidade na 3ª e 4ª fase. Mobilidade ofensiva de grande nível. Bacca muito perigoso quando tem espaço nas costas. Rakitic e os extremos muito perigosos quando conseguem penetrações pelo corredor central.

- Fortes na transição ofensiva. Altamente motivados e consistentes.

- Fazio muito forte em quase todos os momentos. Jogador muito difícil de ultrapassar e imperial nas alturas.

- Altamente inconsistentes em transição defensiva. Podem ser muito explorados por aqui. Desposicionam-se, não têm critério a sair ao portador da bola e dão espaços que podem vir a ser letais.


Read More

Esqueçam... Markovic não joga

Já deu para perceber, pelas notícias de hoje, qual a decisão da UEFA sobre o castigo de Markovic. Ao marcarem a decisão para o dia do jogo nem haverá dúvidas que a resposta será negativa para o Benfica. Não faria sentido nenhum despenalizar no dia do jogo... Pena, pois já se percebeu que o jovem sérvio não teve nada a ver com aquela confusão na 2ª mão com a Juventus. Aprendeu uma lição para a sua carreira e irá pensar duas vezes numa situação semelhante.


Read More

Invasão a Turim!

Todos as informações que me chegam são no sentido de uma grande adesão dos benfiquistas quer na viagem para Turim quer em Lisboa nesta próxima 4ª feira. Apoio não vai faltar na Final da Liga Europa! Em Turim então prepara-se uma autêntica invasão vermelha, com milhares de pessoas a chegarem de avião, autocarro e de carro! Estou com uma pena de não conseguir férias para ir a Itália!

E, já que tanta gente anda a puxar o nome de Bela Guttmann para a ordem do dia, deixo a frase deste grande senhor da história do SLB que merece maior destaque:
«Chove? Faz Frio? Faz Calor? Que Importa, nem que o jogo seja no fim do mundo, entre as neves das serras ou no meio das chamas do inferno...
Por   terra... Por mar... Ou pelo ar, eles ai vão OS ADEPTOS DO BENFICA atrás da equipa... Grande... Incomparável... Extraordinária... MASSA ASSOCIATIVA!

É esta a mística do BENFICA»
Read More

Não percebo este desinteresse...

Não entendo como é possível não haver da parte do SL Benfica uma iniciativa que disponibilize aos seus sócios e simpatizantes um local para se juntarem e verem a épica Final de Turim. Alguém sabe se vai haver algum ecrã gigante em Lisboa? Ou um espaço semelhante? Ainda não sei onde ver o jogo...
O Estádio da Luz parece que está reservado para a UEFA mas há outros espaços ao pé do Estádio... E porque não falar com a Câmara de Lisboa? Com certeza com uma divisão de custos seria possível encontrar um local para os benfiquistas sofrerem e apoiarem em conjunto como tantas vezes acontece com a Seleção Nacional.

Read More

Vamos ter uma Final na Liga espanhola

Penúltima jornada da Liga Espanhola com tropeções das 3 equipas que estavam na luta pelo título. Aliás, o Atlético Madrid ao não conseguir vencer o Málaga no seu Estádio desperdiçou a oportunidade de se sagrar campeão já esta tarde. Agora, todas as atenções viradas para o clássico da última jornada que irá ditar o campeão: Barcelona x Atlético Madrid. O empate serve aos da capital de Espanha...

Read More

Manchester City novo Rei inglês

Chegou ao fim mais uma edição da liga mais espectacular do planeta! A Premier League 2013/14 foi um sucesso muito pelas constantes trocas de favoritos ao ceptro inglês. Acabou por ser o Manchester City o mais regular e tornou-se hoje o novo Rei do futebol inglês - a 4ª vez na sua história. Não é das minhas equipas favoritas em Inglaterra e foi pena o Liverpool não ter aguentado a pressão do 1º lugar. Também Arsenal e Chelsea pareceram em boas condições para se sagrarem campeões mas acabaram por claudicar. Assim, e nestes moldes, o City terá de ser considerado um justo vencedor da Ligas Inglesa.



Read More

FC Porto 2-1 Benfica: com a cabeça em Turim

O FC Porto venceu o SL Benfica por 2-1 no jogo da última jornada da Liga Zon Sagres 2013/14. Como já se sabia Jorge Jesus jogou com uma equipa de suplentes e isso terá sido decisivo para o desfecho da disputa. Mesmo assim, foi uma óptima 2ª parte do SLB que esteve perto do empate e dominou os acontecimentos. As águias terminam o campeonato como começaram, com uma derrota, o que até não costuma ser grande sinal... Venham as faixas então!

O treinador do Benfica apostou então nos seguintes habituais suplentes: Paulo Lopes; João Cancelo, Steven Vitória, Jardel e André Almeida; André Gomes, Enzo Pérez e Djuricic; Salvio, Ivan Cavaleiro e Funes Mori.
Sagrou também 4 novos campeões nacionais, são agora 31 heróis na história do 33.


O FC Porto entrou forte e chegou à vantagem muito cedo numa boa jogada de ataque que desmontou a defesa encarnada e terminou no remate vitorioso de Ricardo. Sem fazer muito para isso, o Benfica conquistou um penalty através de Salvio e Enzo Pérez empatou a partida. Este foi 1º penalty para o Benfica em jogos da Liga em casa do eterno rival desde 1997 ou, se preferir,  2º em 37 anos. Foi, também, o golo 100 deste Benfica 2013/14.
Ainda antes do intervalo, o árbitro marcou um penalty muito duvidoso de André Almeida e Jackson carimbou o resultado final e o prémio de melhor marcador da prova.

2ª parte totalmente dominada pelo Benfica, com a maior oportunidade a embater na trave de Fabiano e a não permitir o empate que teria sido o resultado mais justo. Ficou ainda um cartão vermelho por mostrar a Alex Sandro por entrada durríssima sobre Salvio (72').

Homem do jogo: Gostei de Salvio, Enzo e da 2ª parte de Djuricic.
Read More

Cai o pano sobre a Liga 2013/14

Chega hoje ao fim mais uma edição do campeonato nacional com as atenções viradas para o FC Porto - Benfica das 18h. Aquando do sorteio do calendário a esmagadora maioria dos adeptos achou que este seria o jogo que decidiria o título de campeão. No entanto, o domínio do Benfica foi tão esmagador que já chega ao Porto coroado há muito tempo! É assim um campeonato que ficará nas memórias dos benfiquistas pois a sua equipa esmagou a concorrência de uma maneira que já não se via há décadas.


E para aumentar a onda vermelha o Benfica está hoje totalmente com a cabeça na Final da Liga Europa que irá disputar na 4ª feira com o Sevilha. Assim, deve apresentar hoje uma equipa de reservas, com alguns jogadores da equipa B. Eu lançava Paulo Lopes, João Cancelo, Jardel, Steven, Gianni, André Almeida, Enzo, Salvio, Sulejmani, Bernardo Silva e Funes Mori.

Read More

No sábado tudo à rotunda da Boavista

Junto-me a este post do blog Geração Benfica neste pedido à direção do SL Benfica:

«Na semana passada, uma benfiquista do Porto apelou à direção do Benfica que o autocarro do clube se dirigisse à Rotunda da Boavista no final do jogo de sábado para que os benfiquistas do Porto também tivessem a chance de festejar com os jogadores.
Conforme prometido a essa nossa amiga benfiquista, damos eco a esse pedido que certamente mais benfiquistas gostarão de ver atendido.


Pedimos à direcção do Sport Lisboa e Benfica e a Jorge Jesus que levem todos os jogadores ao norte e que no final do jogo com o FC Porto, não importa o resultado, passem pela Rotunda da Boavista para saudar os adeptos antes de regressarem a Lisboa.
Será uma bela forma de homenagear os milhares de benfiquistas da cidade do Porto.

Por seu lado, os benfiquistas da cidade do Porto poderão fazer sentir esse seu desejo junto da Casa do clube na cidade, que certamente contactará a direcção para que esse desejo se torne realidade.»
Read More

Duas belas taças já cá cantam!

2 Taças já foram conquistadas por este esmagador Benfica 2013/14



Próximos objectivos:



Read More

Benfica 2-0 Rio Ave: a 1ª já está!

É nossa! Já cá canta! O Benfica venceu a primeira final da temporada e junta a Taça da Liga ao Campeonato Nacional! Bela vitória que faz subir para 5 o número de Taças da Liga no Museu Cosme Damião - lembro que esta Taça só conta com 7 edições. Nesta prova o Benfica fez 5 jogos e não sofreu nenhum golo! Impressionante a solidez deste SLB 2013/14. Agora, ainda temos a Final da Liga Europa e da Taça de Portugal!

Nem havia outra hipótese e Jorge Jesus lançou o 11 titular deste Benfica para esta Final da 3ª competição do país: Oblak, Maxi, Garay, Luisão, Siqueira, Enzo, Amorim, Markovic, Nico Gaitan, Rodrigo e Lima.

Não foi uma 1ª parte brilhante dos encarnados, sendo que o Rio Ave começou o jogo muito rápido e atacante deixando as águias com dificuldades e sem conseguir aproveitar o espaço na defesa que os de Vila do Conde estavam a dar. O problema para o Rio Ave é que ou marcava (Oblak não deixou) ou não ia aguentar a 1ª parte naquele ritmo e o jogo foi acalmando com o Benfica a subir de produção. Foi Siqueira, ele que tinha entrado com tantas dificuldades neste jogo, a desequilibrar (40') oferecendo um golo a Rodrigo que Ventura impediu! Na sequência, e no canto resultante, Rodrigo apareceu ao 2º poste e deu um duro golpe nas esperanças de Nuno Espírito Santo com o 1-0 antes do intervalo.

Confirmou-se aquilo que o lance do golo de Rodrigo fazia adivinhar e a 2ª parte foi de um vermelho total! Posse de bola, controlo de espaços, ataques perigosos, enfim, só deu Benfica! Golos apenas 1, mas bem saboroso, do capitão, o gigante Luisão, na sequência de um livre indirecto e de uma má saída de Ventura. Final da partida com alegria encarnada e com o prémio de melhor jogador a ir para as mãos de Rodrigo.

Vai bonita a festa minha gente! É disto que o meu povo gosta!
Read More

F de finais não de fantasmas

Marcante a intervenção de Jorge Jesus ontem antes da Final da Taça da Liga. Já não há dúvidas que essa Luz guiou este plantel. Deixo a intervenção:

"Eu às vezes oiço vocês a falar do fantasma do ano passado. Mas qual fantasma? Aquilo que eu sempre defendi é voltarmos a estar onde estamos hoje. Fantasma? Nós nunca tivemos fantasma nenhum. Pelo contrário, tivemos sempre uma luz que nos guiou para fazer exactamente aquilo que fizemos o ano passado. Fantasma do quê, de chegar às finais? Fantasma é não ter capacidade para lá chegar. Deixem-se dessa teoria da treta. Falem do que é real, verdadeiro. Vocês falam muito no negativo. Falem no positivo. O que nos fez estar aqui hoje a falar sobre a primeira final foi termos seguido exactamente o caminho que seguimos o ano passado. Se o ano passado chegámos às finais por este caminho, é por aqui que a gente vai continuar. Estamos nas 3".

Read More

SLB: organização amadora na venda de bilhetes

Este ano não vou conseguir ir à Final da Liga Europa mas tenho muita experiência nestas noitadas junto do Estádio da Luz e sei que quase sempre me senti um pouco desprezado pelo SL Benfica. Mesmo com uma paixão tão grande não é fácil passar uma noite em claro no meio da rua. Se já o ano passado tinha sido difícil este ano parece que ainda foi pior. Deixo um texto da Associação de adeptos benfiquistas que penso colocar muito pontos nos i's:
«Organizar uma venda de bilhetes para uma Final Europeia é naturalmente um desafio exigente para a organização de qualquer clube. O SLB teve o privilégio, pelo fantástico desempenho desportivo da equipa, de poder organizar em 2 anos consecutivos esta empreitada.
Na época passada a metodologia utilizada esteve perto da perfeição, existindo poucos ou nenhuns motivos para descontentamento, exceptuando naturalmente a escassez de bilhetes enviada para o Estádio da Luz por parte da UEFA - factor que, sabemo-lo bem, o clube não controla.

Este ano, infelizmente, o mesmo não sucedeu. Embora os requisitos impostos pela Legislação Italiana obriguem a um controlo superior, a organização do clube esteve longe de ser perfeita, não sendo normal que numa fila de 400 fundadores só ao fim de quase 18 horas o último conseguisse adquirir o seu bilhete.

É necessária uma maior sensibilidade para aqueles que são a Força inigualável do Sport Lisboa e Benfica: os Adeptos!
Na AABE gostamos de elogiar quando a estrutura do clube assim o merece, mas não nos coibimos de criticar quando vislumbramos processos mal conduzidos no nosso amado Benfica. Por outro lado, seguimos à risca os nossos ideais que defendem uma crítica que não só aponte o que está errado como sirva de farol para o futuro, dando soluções e alternativas. Criticamos sugerindo, por isso esperamos que no próximo ano na organização da venda de bilhetes para a Final da Liga dos Campeões seja possível:

- Efetuar a mesma no interior do Pavilhão nº 2 do Clube;

- Providenciar espaço no interior do complexo desportivo do SLB para os adeptos estarem protegidos;

- Procurar uma solução tecnológica alternativa que não obrigue a estas concentrações absurdas de pessoas todas no mesmo dia - em 2014 não haverá uma forma de colocar benfiquistas a comprar o seu bilhete pela internet?

- Existir rigor no prazo e na gestão das expectativas dos Associados e Adeptos do SLBenfica, pois não é aceitável que, por exemplo, os adeptos portadores de Red Pass tivessem a expectativa de abertura das bilheteiras às 14 horas de hoje - por isso algumas centenas pernoitaram na Luz - e a respectiva venda só tenha começado a ser efectuada a partir das 18 Horas.

Um clube Campeão e vencedor como o nosso Sport Lisboa e Benfica tem de ter uma estrutura profissional que o seja ainda mais no tratamento que dá àqueles que tanto o Amam e tantos sacrifícios fazem por ele: os seus Sócios e Adeptos. Os Benfiquistas.
Read More

A final da Taça da Liga é a mais importante

Porque é a primeira! Se ganharmos não será nada de especial mas se perdermos pode implicar alguns problemas anímicos e de confiança que não serão nada bem vindos numa altura complicada em todas as temporadas e em que já vimos tantos impossíveis a acontecer. Olhem o Liverpool ontem...
Para cima deles Benfica! Traz o caneco de Leiria por nós!

Read More

Os melhores golos acrobáticos de sempre

Inspirado com o que Cristiano Ronaldo fez no Domingo deixo um vídeo com os melhores golos daquele estilo. Aproveitem!



Read More

Liga da Verdade 2013/14: 29ª Jornada

29ª Jornada
Benfica 1-1 V. Setúbal (Duarte Gomes)
- Penalty bem assinalado contra o SLB: é o lance do 1-1 e Maxi Pereira derruba Pedro Tiba.

Nacional 1-1 Sporting (Rui Costa)
- Nada a assinalar, não me parece penalty sobre Capel aos 82' num lance em que os leões se queixam.

Olhanense 2-1 FC Porto (Cosme Machado)
- Mais uma péssima arbitragem deste árbitro que não têm categoria nenhuma. 2 penalties por assinalar a favor do Olhanense (55' e 89') e 1 a favor do FC Porto (19').


28ª Jornada
Benfica 2-0 Olhanense (Carlos Xistra)
- Penalty por assinalar a favor do Benfica: aos 68', com o resultado em 2-0, Diakhite faz falta sobre Rodrigo.
- Algumas dúvidas se Lima faz falta no início da jogada do 1º golo da disputa.

FC Porto 3-0 Rio Ave (Hugo Almeida)
- Nada a assinalar

Belenenses 0-1 Sporting (Cosme Machado)
- Penalty bem assinalado a favor do Sporting: é o lance do único golo da partida e há falta sobre Mané.
- Bem na expulsão directa de Marcos Rojo (80').

27ª Jornada
Arouca 0-2 Benfica (Hugo Miguel)
- Nada a assinalar.

Braga 1-3 FC Porto (Rui Costa)
- Penalty por assinalar a favor do FC Porto: lance aos 81' em que André Pinto joga a bola com a mão.

Sporting 2-0 Gil Vicente (Bruno Esteves)
- Dúvidas na cor do cartão para Danielson num contacto com Slimani (19'). O árbitro nem deu falta...

26ª Jornada
Benfica 4-0 Rio Ave (Cosme Machado)
- Penalty bem assinalados a favor do Benfica: dois lances indiscutíveis já na parte final da partida.
- Demasiado rigoroso no critério disciplinar com uma batulada de cartões completamente despropositados.

FC Porto 3-1 Académica (Manuel Mota)
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: aos 38' Makelele faz falta clara sobre Quintero.

Paços de Ferreira 1-3 Sporting (Carlos Xistra)
- Bem na expulsão de Filipe Anunciação (71').

25ª Jornada
SC Braga 0-1 Benfica (Pedro Proença)
- Penalty bem assinalado a favor do Benfica: Rodrigo é rasteirado em cima da linha de fundo da área de Eduardo. Castigo máximo claro que o próprio Rodrigo não converteu.
- Optou por acabar o jogo sem qualquer cartão vermelho no relatório; para evitar polémicas. Assim, Siqueira (75') e Fejsa (82') de um lado e Luiz Carlos (64') e Santos (76') do outro, com um critério mais rigoroso, poderiam ter sido expulsos.

Nacional 2-1 FC Porto (João Capela)
- Golo mal validado contra o FC Porto: é o lance do 1-0 aos 19 minutos, e no princípio da jogada há fora de jogo de João Aurélio que vai assistir Candeias.
- Golo bem anulado ao FC Porto: já vi que a opinião da maioria dos comentadores vai contra a minha mas parece-me claro que Jackson coloca os dois braços nas costas de Marçal (78'). Falta!
- Penalty duvidoso assinalado a favor do FC Porto: Quaresma falhou o castigo máximo que tinha conquistado segundos antes (58'). Muito forçado pois parece que é o internacional português que arrasta a perna para forçar o contacto com o defesa.
- Quaresma perdeu a cabeça no final do jogo e fico tranquilamente à espera de um castigo para o extremo do FC Porto.

Sporting 1-0 V. Guimarães (Nuno Almeida)
- Golo mal anulado ao Sporting: aos 60' Fredy Montero viu o seu golo ser mal invalidado por fora de jogo.
- Deixou no bolso 2º amarelo por simulação para Slimani (50') e vermelho directo para Adrien (69').

24ª Jornada
Benfica 3-0 Académica (Rui Costa)
- Penalty por assinalar a favor do Benfica: Fernando Alexandre faz falta sobre Lima na área de rigor.

FC Porto 1-0 Belenenses (Carlos Xistra)
- Expulsão a favor do FC Porto exagerada: João Afonso faz falta sobre Jackson (43') mas é muito duvidoso que o avançado tenha a bola controlada e em situação de golo iminente. Amarelo teria sido mais correcto.

Marítimo 1-3 Sporting (Jorge Sousa)
- Penalty bem assinalado a favor do Sporting: logo aos 2' Márcio Rozário derruba Carlos Mané dentro da área.
- Dúvidas num golo anulado ao Sporting aos 87', já com o marcador em 1-3.

23ª Jornada
Nacional 2-4 Benfica (Manuel Mota)
- Penalty mal assinalado contra o Benfica: deste lance nasce o 1-0 para a equipa da casa e parece-me claro que a bola bate 1º na perna de Luisão e depois, eventualmente, bate no braço. Um ressalto para o braço, logo não há intenção, logo não é penalty.
- Erro grosseiro ao não expulsar Marçal por empurrão a Rodrigo com o jogo parado (40'). Nem vale a pena discutir se era vermelho directo pois o defesa do Nacional já tinha amarelo e deveria ter visto o 2º.

Sporting 1-0 FC Porto (Pedro Proença)
- Golo mal validado a favor do Sporting: na jogada do único golo da partida é evidente o fora de jogo de André Martins antes do português cruzar para Slimani bater Hélton (53'). 
- Penalty por marcar a favor do FC Porto: mesmo antes do intervalo Jackson tenta cabecear a bola e antes de o fazer sofre falta de Cédric que o impede de, já no ar, cabecear em condições. Lance duvidoso e difícil mas para mim penalty.
- Cartão vermelho bem mostrado a jogador do FC Porto: já aos 90' Fernando tem conduta violenta face a Montero e vê bem o vermelho directo.

22ª Jornada
Benfica 2-0 Estoril (Paulo Baptista)
- Fora de jogo mal tirado ao ataque do Estoril: aos 42', quando o avançado do Estoril ficava isolado o fiscal anulou mal a jogada dos canarinhos.
- Golo mal invalidado ao Benfica: aos 55' Lima coloca a bola na baliza mas o mesmo fiscal anula mal o 3-0 encarnado.

FC Porto 4-1 Arouca (Hugo Miguel)
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance que dá o 1-0 e André Claro faz falta sobre Varela dentro da área (11').
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: Nuno Coelho desequilibra Jackson na área de rigor máximo (35'). Castigo máximo bem marcado que Quaresma não converteu em golo.

V. Setúbal 2-2 Sporting (Vasco Santos)
- Golo mal anulado ao Sporting: com o jogo em 0-0 Adrien coloca a bola na baliza adversária mas o fiscal inventa um fora de jogo inexistente (30').
- Golo mal validado a favor do Sporting: ninguém pode ter a certeza se a bola cabeceada por Slimani entrou ou não (34'). Com as imagens que nos chegaram fico com toda a ideia que ela não transpôs por inteiro a linha de golo.
- Golo mal validado contra o Sporting: o lance do empate 1-1 e o avançado do Vitória está ligeiramente adiantado quando lhe é feito o passe.
- Penalty bem assinalado a favor do Sporting: é o lance do 1-2 e Capel é tocado por trás por Pedro Queirós (85').
- Penalty mal assinalado contra o Sporting: lance muito mal ajuizado o que resultado no 2-2 final (89'). Zequinha atirou-se para o chão e Vasco Santos, sem estofo para um jogo destes, resolve apontar para a marca dos 9 metros.

21ª Jornada
Belenenses 0-1 Benfica (Jorge Ferreira)
- Golo mal invalidado a favor do Benfica: aos 72' Tiago Caeiro marca golo que é anulado pelo fiscal e que seria o do empate. Na repetição vimos que o avançado não estava em posição irregular. Não há dúvida que foi mal anulado e que este não é um caso de fora de jogo posicional do outro avançado que está na imagem.
- Muito exagero na expulsão, com duplo amarelo, de Fredy aos 80'. Só em casos muito extremos aceito que o juiz dê dois cartões amarelos seguidos por protestos. Dispensável...

V. Guimarães 2-2 FC Porto (Marco Ferreira)
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance do 1-0 e o GR Douglas entra de pés juntos sobre o avançado do FCP (17').
- Bem na jogada que resulta no 1º golo do Vitória pois não há fora de jogo.

Sporting 2-1 SC Braga (Artur Soares Dias)
- Penalty bem assinalado a favor do Sporting: falta clara de Sasso sobre Mané (68') e castigo máximo aproveitado pelo SCP para empatar a disputa.
- Dúvidas num lance na área do Braga aos 87' já com o resultado definido.

20ª Jornada
Benfica 1-0 V. Guimarães (Nuno Almeida)
- Bem no lance do único golo da partida e bem ao não expulsar Addy com 2º amarelo ainda na 1ª parte.

FC Porto 0-1 Estoril (Vasco Santos)
- Penalty e expulsão bem assinalada contra o FC Porto: é o lance do único golo da partida (77') e é indiscutível a falta de Mangala sobre Evandro. Bem também na cor do cartão para o defesa do FC Porto.
- Passou em claro entrada muito dura, e respectivo amarelo, de Mangala sobre Diogo Amaro (9').

Rio Ave 1-2 Sporting (Jorge Ferreira)
- Nada a assinalar

19ª Jornada
P. Ferreira 0-2 Benfica (Duarte Gomes)
- Nada a assinalar

Gil Vicente 1-2 FC Porto (Paulo Baptista)
- Assinalou e mal um fora de jogo, em que o avançado da equipa de Barcelos se isolava, com o resultado em 0-0 (8').
- Entrada muito dura de Quaresma sobre Luís Martins que poderia ter valido um cartão vermelho (16').

Sporting 1-0 Olhanense (Hugo Miguel)
- Golo mal anulado ao Sporting: com o marcador em 1-0 Fredy Montero coloca a bola dentro da baliza mas o assistente anula mal o lance (28'). Não há fora de jogo na sequência do livre indirecto.

18ª Jornada
Benfica 2-0 Sporting (Marco Ferreira)
- Nada a assinalar

FC Porto 3-0 Paços de Ferreira
- Penalty bem assinalado a favor do FC Porto: é o lance do 1-0 e entende-se o critério do árbitro ao assinalar a mão do defesa pacense Seri.
- Muitas dúvidas em lance idêntico (mão na bola) na área dos visitantes em que se pediu penalty (6').
- Assinalou e mal um fora de jogo, em que o avançado dos visitantes se isolava, com o resultado em 1-0.

17ª Jornada
Gil Vicente 1-1 Benfica (Bruno Paixão)
- Penalty bem assinalado a favor do Benfica: no lance que dá o 0-1 é claro o pontapé de Brito em Nico Gaitán (60').
- Penalty duvidoso assinalado a favor do Benfica: fiquei com muitas dúvidas no penalty assinalado sobre Djuricic já nos descontos. Como todos sabem Cardozo não marcou e o eventual erro de Paixão não trouxe consequências.
- Penalty por marcar a favor do Benfica: aos 52' Rodrigo é impedido de fazer o 1º golo do jogo por João Vilela.
- 1º amarelo a Siqueira mal mostrado pois não existe simulação nenhuma (37'). O brasileiro do SLB viu o 2º amarelo depois, esse indiscutível, mas que deveria ter sido o 1º e não a expulsão (58').
- Será que Bruno Paixão aprendeu a Lei da Vantagem? Ao menos foram as duas equipas que se podem queixar das repetidas faltas a beneficiar o infractor.

Marítimo 1-0 FC Porto (Nuno Almeida)
- Penalty bem assinalado contra o FC Porto: no lance capital do jogo, o do único golo, esteve bem ao assinalar penalty de Danilo sobre Danilo Pereira.

Sporting 0-0 Académica (Paulo Baptista)
- Penalty não assinalado a favor do Sporting: Halliche joga a bola com o braço dentro da área de rigor da Briosa mas o árbitro não assinalou o respectivo castigo máximo (69').
- Dúvidas num lance na área do SCP entre Adrien e Fernando Alexandre quando a 1ª parte acabava. Agarrões de parte a parte num lance de bola parada com Adrien a ser o mais ostensivo. Para quando uma decisão//recomendação da FIFA nestes lances?
- Cartão amarelo a William Carvalho bem mostrado, que tira o médio do derby da próxima jornada.

16ª Jornada
Benfica 2-0 Marítimo (Hugo Miguel)
- Golo mal validado a favor do Benfica: é a jogada do 2-0, aos 36 minutos, e Rodrigo está em fora de jogo quando Markovic lhe passa a bola.
- Penalty não assinalado a favor do Benfica: Markovic é rasteirado e em vez do penalty vê o cartão amarelo (75').

FC Porto 3-0 V. Setúbal (Hugo Pacheco)
- Nada a assinalar

Arouca 1-2 Sporting (Cosme Machado)
- Mal assinalado o canto a favor do Sporting que dá no golo do empate de Rojo (25').
- Critério muito apertado nas expulsões, uma para cada lado (Tinoco e Rojo), por duplo amarelo na 2ª parte. Evitável.

15ª Jornada
Benfica 2-0 FC Porto (Artur Soares Dias)
- Penalty por assinalar a favor do Benfica: clara a mão na bola de Mangala depois de cabeceamento de Matic (51'). E o árbitro viu pois está mesmo a 2 metros e a olhar para lá.
- Penalty por assinalar a favor do FC Porto: empurrão de Garay a Quaresma que Soares Dias deixou passar em claro.
- Mal na expulsão a Danilo, não há penalty mas também não há simulação nenhuma (74').
- Com o marcador em 2-0, não permite que Jackson se isole ao não dar a lei da vantagem (58').
- Má exibição do árbitro natural do Porto que somou muitos erros. Por exemplo, fora de jogo escandaloso que Jackson quase aproveitou no final da 1ª parte, amarelo a Jackson por varrer contra ataque do SLB e no  último lance do jogo não mostra vermelho a Mangala que varre jogador isolado do SLB - assinala a falta e depois volta atrás para dar bola ao ar (?!?!?!?!).

Estoril 0-0 Sporting (Pedro Proença)
- Nada a assinalar

Read More

Temas

2011 2011/12 2012 2012/13 2013 2013/14 2014/15 2015/16 2016/17 2ª Divisão A Bola A Magia do Futebol AC Milan Academia Seixal Académica Adeptos Agenda Aguero Aimar Ajax Alemanha Alex Ferguson Alex Sandro Amigável análise tática Andebol Anderson Talisca André Gomes André Silva Andrea Pirlo Angola Aniversário Antevisão António Salvador Anzhi Apagão Apito Dourado arbitragem árbitro Argentina Arouca Arsenal Artur Artur Soares Dias AS Roma Atlético Madrid Atletismo auto-golo Balotelli Barcelona Basquetebol Bayer Leverkusen Bayern Munique Beckenbauer Beira-Mar Belenenses Benfica Benfica B Benfica Campeão Benfica TV Bernardo Sassetti bilhetes Blatter Blogs Blogs Benfica Blogs Futebol Boavista Boca Juniores Bola de Ouro Bolt Borussia Dortmund Bota de Ouro Boxing Day Braga Brasil Brasileirão Bruno Alves Bruno César Bruno de Carvalho Bruno Paixão Buffon Bundesliga C. Ronaldo Calendário Campeão Campeonato Alemão Campeonato Argentino Campeonato Brasileiro Campeonato da Europa Campeonato da Europa 2016 Campeonato do Mundo Campeonato do Mundo de Clubes Campeonato Escocês Campeonato Espanhol Campeonato Holandês Campeonato Italiano Campeonato Maicon Campeonato Nacional campeonatos europeus CAN Canoagem Capdevilla Cardinal Cardozo Carlo Ancelotti Carlos Martins Casagrande Casillas Caso vouchers Cavani Cech Celtic Glasgow Chalana Champions Chelsea Chicotada Ciclismo clássico Coluna Conselho de Arbitragem Conselho de Disciplina contas título contrato Copa do Mundo 2014 Copa dos Libertadores Corinthians corrupção Cosme Damião CR7 Cristiano Ronaldo crónica futebol D. Kiev David Beckham David Luiz Defeso Del Piero derby Derby della Madonnina Desportivo de Chaves Desporto Di Maria Di Matteo Diego Costa Direitos TV Djuricic Domingos Doping Doyen Sports Drogba Éder Ederson El Pibe Eleições Emerson Enke Enzo Pérez Equipa Equipas B Eredivisie escândalo Escutas Espanha Estádio da Luz Estádio de Alvalade Estádio do Jamor Estádio Dragão Estatísticas Estoril Estrelas do Futebol Euro 2004 Euro 2012 Euro 2016 Eusébio Eusébio Cup Everton FA Cup Fábio Coentrão Fair Play Fair Play financeiro Falcao FC Porto FCP Federação Portuguesa Futebol Fédération Internationale de Football Association Fehér Fernando Gomes Fernando Pimenta e Emanuel Silva Fernando Santos Fernando Torres FIFA Final Final Euro 2016 Final Liga dos Campeões Final Liga Europa 2012/13 Final Liga Europa 2013/14 finanças Fintas Flamengo Fluminense Football Leaks FPF França França 2016 Funny Football Fura-Redes Futebol Internacional Futebol Mundial Futebol Nacional Gaitán Galatasaray Garay Gareth Bale Gianni Infantino Giggs Gil Vicente Glorioso SLB Golden Boy Golo de Bicicleta Golo de Calcanhar Golo de Livre golo do ano Golo do Dia Golo Fantasma Gonçalo Guedes Grimaldo Guarda-Redes Guardiola Gyan Hat-Trick História Holanda Hóquei em Patins Hulk Ibrahimovic IFFHS Inferno da Luz Inglaterra Iniesta Inter International Board Itália Jackson Martínez James Rodríguez Jardel Jardel (33) Javi Garcia Jimmy Hagan JJ JO Joaquim Oliveira jogadores Benfica Jogos Olímpicos Johan Cruyff John Terry Jonas Jorge Jesus Jorge Mendes Jorge Sousa Jornal Jornal Record José Gomes José Mourinho José Pratas jovem promessa Júlio César juniores Jupp Heynckes Juventus Kaká Kardec Kelvin Klose Kompany La Liga Lampard Lazio Lázio Lebron James Leicester Leis do Futebol Léo Leonardo Jardim lesões Lewandowski LFV liga Liga BBVA Liga da Verdade Liga dos Campeões Liga Europa Liga Inglesa Liga Nos 2014/15 Liga Nos 2015/16 Liga Nos 2016/17 Liga Orangina Liga Portuguesa Liga Portuguesa Futebol Profissional Liga Zon Sagres Liga Zon Sagres 2012/13 Liga Zon Sagres 2013/14 Ligue 1 Lima Lindelof Lionel Messi Lisandro López Liverpool Ljubomir Fejsa Londres 2012 Lopetegui LPFP Luís Figo Luís Filipe Vieira Luisão Maicon Man. City Man. United Manchester City Manchester United Mantorras Manuel Fernandes Maracanã Maradona Mário Wilson Marítimo Markovic Matic Maxi Maxi Pereira Medalheiro Melgarejo melhor marcador melhores golos 2013 melhores golos 2014 melhores golos 2015 melhores golos 2016 Mercado Mesquita Alves Messi Mexes México Miccoli Michael Jordan Mitroglou Modalidades Moreirense Mourinho Moutinho Mundial 2014 Mundial 2018 Mundial Clubes Museu Cosme Damião Nacional Nani Nápoles NBA Nélson Oliveira Newcastle Neymar Nike nº 10 No Name Boys Nolito novo contrato Nuno Espírito Santo Nuno Gomes O. Lyon Oblak Ola John Olegário Benquerença Olhanense Olheiro Olivedesportos Os três grandes Ozil Paços de Ferreira Pantera Negra Paolo Maldini Parceiros Paulo Bento Paulo Fonseca Pedro Proença Penafiel penalty Pepe Petardos Petit Phelps Ping Pong Pinto da Costa Pizzi PJ Platini Polvo Portugal Portugal Campeão 2016 Postiga pré-época Premier League Prémio Puskas PSG PSV Ramires Raúl González Raúl Meireles Real Madrid Recordes Red Pass Reforços Regulamentos 72 horas Rei Eusébio relatório contas Renato Sanches Ribery Rio Ave Riquelme River Plate Robben Roberto Carlos Rodrigo Rodrigo Mora Rojo Ronaldinho Ronaldinho Gaúcho Ronaldo Ronaldo vs Messi Rooney Rúben Amorim Rui Costa Rui Vitória Rússia SAD Salvio Samaris Saviola SCB Scholes Scolari SCP Selecção Sérgio Conceição Sergio Ramos Serie A Sevilha Shevchenko Simão Sabrosa Sistema SL Benfica SLB Slimani sorteio Sport Lisboa e Benfica Sport tv Sporting Steven Gerrard Suárez sub-20 Suécia Suiça Sulejmani Super Maxi Supertaça Taça da Liga Taça da Liga Inglesa Taça das Confederações Taça das Nações Africanas Taça de Portugal Taça do Rei Tecnologia Golo Ténis Tévez Tondela Toni Top 10 Torneio Toulon Tottenham Totti tragédia futebol Transferências Treino Triplete Twitter U. Leiria UEFA UEFA Champions League União da Madeira Urreta V. Guimarães V. Setúbal Valdés Valência Valentim Loureiro Van Persie vídeo-árbitro Vídeos/Golos Villas-Boas Vitor Baia Vítor Pereira Walcott Wesley Sneijder Witsel Xavi Xistra Zenit S. Petersburgo Zidane